sábado, 19 de maio de 2018

Gente procurando gente: Jovem de Petrolina busca há quatro anos por informações sobre seu pai e pede ajuda

Numa busca incansável pelo seu pai, há quatro anos, a jovem Samara Mirelly apelou ao Blog no sentido de divulgar algumas informações que obteve durante esse tempo.
Confiram:
Eu sou Samara, tenho 22 anos, moro em Petrolina, Interior de Pernambuco, e há 4 anos, que foi quando comecei ter acesso às redes sociais (já que não tenho outros recursos), iniciei uma busca quase que impossível, que foi tentar encontrar meu pai. E infelizmente a única ferramenta que tenho em mãos é uma fotinha 3×4 de quando ele tinha aproximadamente 20 anos, que ele deixou com mainha de lembrança.
O primeiro nome (ANTÔNIO), a suposta cidade onde ele morava (BELO JARDIM-PE), o nome da empresa que ele trabalhava na época (MOURA, que eu suponho que era prestadora de serviço da Celpe) e uma vontade imensurável de encontrá-lo…
Em setembro de 1994, quando tudo aconteceu, minha mãe tinha apenas 15 anos e teve um breve relacionamento com esse rapaz (conhecido como TOINHO DA CELPE), que andava na região a trabalho no Interior de Petrolina, mais precisamente no Sítio Almas/Cristália. Então, com a finalização da obra, ele e todos da equipe partiram em retirada, ficando para trás minha mãe, ainda sem saber que estava grávida. Meus avós ficaram transtornados quando souberam, mas decidiram não ir atrás, e hoje todos supõem que ele nunca teve conhecimento da minha existência, uma vez que nem minha mãe sabia ainda da gravidez, quando ele foi embora.
E desde então não se teve mais notícias. Então, entre esses 4 anos de procura sem nenhum êxito, apenas algumas frustrações, resolvi contar minha história e pedir a ajuda de todos vocês que puderem compartilhar essa publicação, para que chegue até ele ou a algum familiar. Sou filha única e tenho o sonho de conhecê-lo, de saber se ainda tenho avós paternos, irmãos, primos…
Pois por mais amada que eu seja pela minha família materna, sinto um enorme vazio no meu coração, como se me faltasse algo, e realmente falta: ele. Muitas vezes já me disseram que talvez meu pai nem seja mais vivo, ou que esse mundo é muito grande e a probabilidade de encontrar uma pessoa com tão pouca informação é mínima, mas eu sei que para Deus nada é impossível, e creio que vocês serão meus anjos intermediários que irão me ajudar a realizar esse sonho. Então peço encarecidamente a ajuda de todos. Jamais terei como agradecer, mas prometo orar por cada um que se dispuser a me ajudar. Deixo aqui meu contato, para qualquer informação (87 99967-0589 WhatsApp). Muito obrigado pela atenção de todos.(Via:Blog do Carlos Britto).
Samara Mirelly/Leitora

Blog do BILL NOTICIAS

Justiça interroga estudante que matou 10 pessoas em escola do Texas

Dimitrios Pagourtzis foi indiciado por assassinato, um crime pelo qual poderia ser inclusive condenado à pena de morte
Adolescente de 17 anos matou 10 pessoas na sexta-feira (18/5) em sua escola do ensino médio de Santa Fe, Texas. Foto: AFP/Brendan Smialowski
Adolescente de 17 anos matou 10 pessoas na sexta-feira (18/5) em sua escola do ensino médio de Santa Fe, Texas. Foto: AFP/Brendan Smialowski

Santa Fe, Estados Unidos - A justiça começou a interrogar o adolescente de 17 anos que matou 10 pessoas na sexta-feira em sua escola do ensino médio de Santa Fe, Texas, no massacre mais recente registrado em um centro de ensino nos Estados Unidos.

Dimitrios Pagourtzis compareceu na sexta-feira algemado, com a cabeça baixa e respondendo apenas "sim, senhor", "não, senhor" às perguntas de um juiz sobre questões de procedimento. Ele foi indiciado por assassinato, um crime pelo qual poderia ser inclusive condenado à pena de morte. Embora alguns colegas de escola tenham descrito Pagourtzis como um adolescente calmo mas solitário, as razões que o levaram a cometer o massacre ainda são desconhecidas.

Anotações obtidas no computador e telefone celular do atirador sugerem que ele desejava cometer suicídio após o massacre, mas se entregou, afirmou o governador do Texas, o republicano Greg Abbott.

"Entregou-se e admitiu que nesse momento não tinha coragem de se suicidar".

Continua depois da publicidadeUm estudante afirmou a um canal de TV local que Pagourtzis, jogador de futebol americano, era vítima de bullying: "Os treinadores o perseguiam e insultavam". De acordo com as autoridades, o jovem havia publicado há pouco tempo no Facebook uma imagem de uma camisa com a frase "Nascido para matar".

Abbott, no entanto, disse que não foram registrados "sinais verdadeiros de advertência" que indicassem que o aluno passaria à ação. Vestido com um casaco no qual escondia uma escopeta e um revólver, aparentemente ambos de propriedade de seu pai, Dimitrios Pagourtzis entrou em uma sala às 8H00 locais e abriu fogo, deixando 10 mortos e 10 feridos.

"Estava tudo muito calmo por alguns segundos e depois ouvimos alguém atirando", disse à AFP o estudante Hunter Mead, de 14 anos. "Não deveria passar por isto", afirmou, chorando, Dakota Shrader, enquanto era consolada pela mãe. "É minha escola, minha vida cotidiana. Tenho medo de voltar", completou.

"Absolutamente horrível"
Uma vigília em memória das vítimas reuniu centenas de pessoas em Santa Fe. A embaixada do Paquistão em Washington informou que um paquistanês que estava em um intercâmbio escolar está entre os mortos. A imprensa local afirmou que pelo menos seis vítimas fatais eram alunos e um deles era um auxiliar do colégio. O modus operandi, o perfil do atirador e as imagens dos adolescentes deixando a escola, exibidas pela TV, deixam um ar de "deja vu" em mais um massacre em uma escola dos Estados Unidos.

No início do ano, um tiroteio em uma escola do ensino médio da Flórida deixou 17 mortos e reavivou o debate sobre o acesso às armas. De acordo com o jornal Washington Post, mais mortes foram registradas em escolas americanas desde o início de 2018 do que entre os integrantes das Forças Armadas.

Mais de um milhão de pessoas protestaram no fim de março nos Estados Unidos na "Marcha por Nossas Vidas" ("March for Our Lives"), o que não resultou em ações legais significativas por parte da classe política. O presidente Donald Trump chamou o tiroteio de "absolutamente horrível". 

"Isso tem acontecido por tempo demais em nosso país", declarou. Também pediu que as bandeiras dos edifícios federais permaneçam a meio mastro até 22 de maio. "A minha administração está decidida a fazer tudo que estiver ao nosso alcance para proteger nossos estudantes, proteger nossas escolas e manter as armas fora das mãos daqueles que representam uma ameaça para eles mesmos e para outros", declarou Trump.

Explosivos
O atirador também deixou explosivos em uma casa e em um veículo, segundo o governador Abbott. Sobre as armas que o jovem pegou do pai, o governador disse "não saber se o pai estava a par" e que a posse era legal.(DP).



Blog do BILL NOTICIAS

Desastre aéreo: Cubanos são maioria entre vítimas, não há informação sobre brasileiros

Resultado de imagem para Cubanos são maioria entre vítimas, não há informação sobre brasileiros

Apeans cinco dos 113 passageiros e tripulantes que estavam no Boeing-737-200 que caiu no fim da manhã de hoje (18) nos arredores de Havana eram estrangeiros – os demais, cubanos. A nacionalidade dos estrangeiros ainda não foi revelada, segundo a imprensa oficial cubana. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, que está acompanhando as investigações sobre o acidente, não há informação sobre brasileiros entre as vítimas.
O mais provável é que os estrangeiros sejam mexicanos, uma vez que a aeronave foi arrendada da Cubana de Aviação por uma empresa daquele país, a Damojh. Apenas três mulheres sobreviveram à queda. No avião, estavam 104 passageiros, inclusive um bebê de 2 anos, e quatro crianças, além de nove tripulantes.
De acordo com a imprensa oficial de Cuba, o governo disponibilizará transporte para que os parentes das vítimas possam ir à região de Boyeros, nos arredores do aeroporto de Havana, para identificar os corpos e pertences. O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, foi até o local acompanhado por brigadas de resgate e bombeiros e se solidarizou com as famílias das vítimas.
Resultado de imagem para Cubanos são maioria entre vítimas, não há informação sobre brasileiros
As vítimas foram levadas para Hospital Universitário Geral Calixto García. De acordo com a imprensa oficial, o ministro da Saúde e vice-presidente do Conselho de Estado, Roberto Morales, também foi ao local do acidente e acompanha o atendimento aos sobreviventes.
As causas do acidente ainda estão sendo investigadas. O avião caiu em uma área agrícola.

Blog do BILL NOTICIAS

Detento engole cinco celulares e passa mal em presídio de Minas Gerais

Riverson Fernandes aproveitou saída no indulto do dia das mães para engolir os aparelhos. Como não conseguiu expeli-los de forma natural, precisou de socorro médico
Por meio de raio-X foi possível constatar a presença dos aparelhos. Foto: Reprodução
Por meio de raio-X foi possível constatar a presença dos aparelhos. 
Foto: Reprodução

Uma situação inusitada, mas que colocou em risco a vida de um presidiário de Formiga, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais, foi registrada na manhã desta quinta-feira (17/5), na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da cidade. O detento, que deu entrada no local com fortes dores abdominais, náuseas e vômitos, admitiu ter engolido cinco aparelhos de celular com carregadores, depois de uma rápida saída do presídio. Um raio-X foi realizado e ficou constada a presença dos objetos no corpo dele, e à tarde ele deu entrada no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII (HPS).

De acordo com informações da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Formiga, que prestou os primeiros socorros, por volta das 10h de ontem, o interno Riverson Costa Fernandes, de 31 anos, foi atendido. Durante as investigações médicas, o preso admitiu que estava em liberdade, por ocasião do indulto do Dia das Mães, quando engoliu os aparelhos. "Ele chegou para atendimento junto com os agentes penitenciários e acabou confessando que engoliu cinco celulares e dois carregadores. O paciente foi encaminhado para a sala de raio-X, onde após o exame, os equipamentos foram visualizados no estômago", disse o médico que atendeu o detento na UPA, Vladimir Moreira Gomes.

O presidiário esperava expelir os aparelhos ao retornar do indulto para a cadeia, forçando o vômito. Porém, os seus planos deram errado, já que ele não conseguiu colocar para fora os celulares por meios naturais. Os corpos estranhos então começaram a causar reações em seu organismo, como a forte dor abdominal. Com quadro de saúde complicado, ele pediu ajuda ao departamento médico da unidade prisional.

Na UPA, depois de constatada a gravidade por meio de raio-X, os médicos consideram que a transferência para o HPS João XXIII seria o mais adequado do ponto de vista de equipamentos médicos e segurança. "Essa transferência foi solicitada devido à gravidade do quadro clínico e à falta de recursos necessários para o atendimento do caso. Ele precisaria passar por uma cirurgia para a retirada desses equipamentos", avaliou.

A Central de Regulação do Samu enviou, então, uma Unidade de Suporte Avançado (USA) para a transferência. Ao chegar na UPA a equipe avaliou o paciente e iniciou a transferência, feita com a presença de dois agentes penitenciários na ambulância. A viatura seguiu até a capital sob escolta e deixou o paciente sob responsabilidade da equipe médica do Hospital João XXIII. "Ocorreu tudo bem na transferência, entretanto o paciente se queixou durante todo trajeto de dores abdominais e náuseas", disse o médico intervencionista do Samu, Plínio Nunes.

Internação

No João XXIII, apesar de a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) se negar a repassar qualquer informação, apurou-se que alguns dos objetos foram retirados por meio de endoscopia. Porém, Riverson Fernandes está internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI), em estado grave, aguardando procedimentos para retirada dos demais aparelhos.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) informou que seu pessoal da inteligência, por meio de monitoramento dos detentos que regressaram do benefício de saída temporária, concedido pelo Poder Judiciário, constataram que o detento Riverson Fernandes havia ingerido materiais ilícitos.

"O detento declarou que se tratava de cinco aparelhos celulares (tamanho aproximado de um pen drive) e um carregador. Considerando que as unidades locais de saúde não conseguiram realizar os procedimentos necessários, o custodiado foi conduzido ao Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, onde se encontra internado sob escolta aguardando o procedimento médico devido", disse o comunicado.(DP).



Blog do BILL NOTICIAS



BOLSONARO DIZ QUE “AMAZÔNIA NÃO É NOSSA”

ABr | Reuters

Em entrevista ao site do jornal El País, o pré-candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) sinalizou que pode vender a Amazônia para os estrangeiros caso seja eleito presidente. "A Amazônia não é nossa", declarou, defendendo a abertura da região para exploração. A declaração foi feita em Natal (RN), onde o pré-candidato se declarou nordestino e oustider.
"Aquilo é vital para o mundo", disse ainda o deputado federal. "A Amazônia não é nossa e é com muita tristeza que eu digo isso, mas é uma realidade e temos como explorar em parcerias essa região", acrescentou.
Bolsonaro acredita que tem eleitores que "escondem" que votarão nele e que por isso passará do 20% de votos nas pesquisas, e chegará ao segundo turno "se não der nenhuma canelada".(247).

Blog do BILL NOTICIAS


CASAMENTO REAL Harry e Meghan Markle se casam em cerimônia emocionante

A igreja de São Jorge lotada de celebridades, em uma cerimônia emocionante, 
com elementos tradicionais e modernos

Por: AFP - Agence France-Presse
 (Ben STANSALL/POOL/AFP)

O príncipe Harry e a norte-americana Meghan Markle se casaram neste sábado em Windsor, em uma igreja de São Jorge lotada de celebridades, em uma cerimônia emocionante, com elementos tradicionais e modernos.

O arcebispo de Canterbury, Justin Welby, líder espiritual da Igreja Anglicana, tomou os votos matrimoniais dos noivos, que passaram grande parte da cerimônia de mãos dadas. A cerimônia teve diversos momentos emocionantes, como o sermão do bispo americano Michael Curry e a versão da música Stand By Me por um coro gospel.

Após o casamento, os agora duque e duquesa de Sussex, deixaram a igreja e entraram em uma carruagem aberta para saudar as milhares de pessoas que acompanharam a cerimônia em telões.

 (Adrian DENNIS/AFP)

Após a polêmica provocada pela ausência de seu pai Thomas Markle, Meghan Marle percorreu praticamente sozinha o percurso até o altar. Ela deu o braço ao sogro, o príncipe Charles, apenas nos metros finais.

Markle usou um vestido branco criado pela estilista britânica Clare Waight Keller, diretora artística da marca francesa Givenchy, com um véu, decote canoa e o cabelo com uma tiara, enquanto Harry usava o uniforme de gala militar. O príncipe chegou a pé à igreja, ao lado do irmão William, seu padrinho de casamento. Markle seguiu para a igreja a bordo de um Rolls-Royce Phantom IV, ao lado de sua mãe Doria Ragland.

 (Oli SCARFF/AFP)

O cantor Elton John, a apresentadora de TV Oprah Winfrey, os atores George Clooney e Idriss Elba, o ex-jogador de futebol David Beckham e as ex-namoradas de Harry, Chelsy Davy e Cressida Bonas, estavam na igreja de São Jorge, que abriga o túmulo de reis e recebeu neste sábado o 16º casamento real desde 1863.

Neste sábado, a rainha Elizabeth II nomeou Harry duque de Sussex, conde de Dumbarton e barão de Kilkeel, respectivamente, um título nobiliário inglês, escocês e norte-irlandês, como determina a tradição. Meghan passa a ostentar os mesmos títulos após o casamento.

Após o passeio de carruagem diante do público começará a parte privada do casamento, com um almoço oferecido por Elizabeth II no castelo de Windsor e uma festa à noite na mansão Frogmore, presente do pai do noivo, o príncipe Charles de Gales.

Nas ruas de todo país foram organizadas festas e o dia acabará com a aguardada concessão que permite aos pubs funcionar até mais tarde que o habitual. O grande evento foi cercado por muitas medidas de segurança no país, que sofreu cinco atentados em 2017, com um balanço de 36 mortos e dezenas de feridos.

* Por James PHEBY y Alfons LUNA


Blog do BILL NOTICIAS

Abertura do São João dos Bairros 2018 em Petrolina atrai multidão para pátio de eventos do José e Maria

 (C.Geral)

Foto: Ascom/PMP divulgação


Como já era esperado, os petrolinenses fizeram jus à tradição e prestigiaram em peso a abertura do São João dos Bairros 2018, na noite de ontem (18) no José e Maria, zona norte da cidade. Uma multidão estimada em mais de 6 mil pessoas, segundo a prefeitura, caiu no arrasta-pé durante quase seis horas de shows no pátio de eventos.
A noite começou com apresentações de dois representantes locais. Mauro Lima e o “vaqueiro modernizado” Gean Mota levaram grandes hits do forró estilizado e de vaquejada para um público. Com a multidão já contagiada, foi a vez da Banda Mastruz com Leite – que marcou época em décadas anteriores – mandar seu recado. O grupo cearense ofereceu brindou a multidão com sucessos dos anos 90 e 2000, que fez os moradores do José e Maria cantarem em coro clássicos como “Meu vaqueiro, meu peão” e “A praia”.
Foto: Ascom PMP/divulgação
Presente aos shows de abertura do São João dos Bairros, o prefeito Miguel Coelho comemorou a presença maciça de público na primeira noite. “É a prova de que resgatar e fortalecer a festa nas comunidades foi um grande acerto. A multidão no José e Maria faz com que nossos artistas da região se sintam valorizados, traz mais geração de empregos formais e informais no bairro, e deixa os moradores com uma autoestima elevada. Então, não é só uma festa, mas um conjunto de fatores que torna o São João dos Bairros uma conquista”, destacou.
O arrasta-pé no José e Maria segue neste sábado (19). A partir das 20h, o público poderá acompanhar os shows de Iohannes, Dalmo Natan e Adãozinho de Rajada.
Foto: Ascom PMP/divulgação
Foto: Ascom PMP/divulgação

Blog do BILL NOTICIAS

Governadores do Nordeste e Minas cobram liberação de recursos para segurança pública

Resultado de imagem para Governadores do Nordeste e Minas cobram liberação de recursos para segurança pública

Governadores de sete estados divulgaram hoje (18) uma carta aberta onde cobram a liberação de R$ 42 bilhões para a segurança pública, entre outras demandas. A carta foi assinada pelos governadores da Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. O documento foi divulgado após o 9º Encontro dos Governadores do Nordeste, realizado em Recife.
Os governadores cobram a liberação da linha de crédito de R$ 42 bilhões anunciada em março deste ano. “Seguimos aguardando, ainda, a definição dos critérios da linha de financiamento da ordem de R$ 42 bilhões, prometida no último dia 9 de março, em reunião ocorrida no Palácio do Planalto, sem que nenhum dos estados da federação tenha logrado êxito no acesso a esses recursos, mesmo já transcorridos mais de 60 dias desde seu anúncio”, diz um trecho da carta.
Na reunião ocorrida em março, o governo anunciou a linha de crédito para os estados investirem na área de segurança pública. Na ocasião, ficou determinado que os recursos estarão disponíveis ao longo de cinco anos. Do montante total, R$ 33,6 bilhões são do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os recursos fazem parte do Programa Nacional de Segurança Pública que busca reduzir os índices de criminalidade no país.
A assessoria do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, informou que a estimativa do governo é disponibilizar os recursos para a segurança pública até o fim de maio. Informou ainda que firmará contratos de gestão com os estados, estabelecendo contrapartidas aos repasses feitos. Essas contrapartidas seriam índices de criminalidade reduzidos, capacitação de agentes de segurança, melhoria de condições de trabalho dos policiais, dentre outros.

Privatização da Eletrobras

Na carta, com 11 reivindicações no total, os governadores também se opõem à privatização da Eletrobras, especialmente da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). Segundo eles, privatizar a empresa submeteria “um ativo do povo da região aos interesses dos investidores” e acarretaria em aumento de tarifas de luz. “Cabe enfatizar que a desestatização – segundo estudos realizados por técnicos independentes e pela própria Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) – resultaria em reajuste de tarifas de energia elétrica em percentuais que iriam de 7% a 17%, reduzindo-se, ainda mais, a competitividade da região”, diz a carta.
A privatização – ou capitalização – da Eletrobras é um dos principais objetivos do governo de Michel Temer atualmente. Segundo o governo, a privatização da Eletrobras levará à redução das tarifas pagas pelo consumidor. O Planalto também argumenta que a abertura de capital da empresa fortalecerá o setor, com a expansão de investimentos e o aprimoramento da oferta de energia.(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

APÓS LULA, TRF-4 NÃO TEM MAIS PRESSA NA LAVA JATO


Após a prisão de Lula, o ritmo das ações no escopo da operação Lava Jato teve ume redução drástica. A oitava turma do tribunal, que chegou a julgar quatro processos da operação em novembro, só concluiu decisão sobre um caso desde que aumentou a pena de Lula para 12 anos e um mês de prisão. O juiz federal Victor Luiz dos Santos Laus fez três pedidos de vista e as decisões praticamente paralisaram. Esse ritmo lento comparado à velocidade das tramitações contra Lula chama ainda mais atenção para o contraste dos procedimentos.
Os outros dois membros da turma, o relator da Lava Jato João Pedro Gebran Neto e o revisor Leandro Paulsen deram os seus votos, mas Laus pediu mais tempo para analisar melhor os casos. Não há data para que os processos sejam devolvidos. Desde que saiu da primeira instância, o processo contra Lula tramitou com uma velocidade acima da média no TRF-4, o que provocou reclamações da defesa e de apoiadores.
Depois dele, foi concluído apenas o julgamento de recurso do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, acusado pelo Ministério Público de lavagem de R$ 6 milhões. A defesa nega que ele tenha cometido irregularidades. Delúbio teve a pena aumentada de cinco para seis anos de prisão. Outros réus no processo também foram julgados. O primeiro pedido de vista aconteceu no mesmo dia, 27 de março, no processo que envolve o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo de Lula.(247).
Leia mais aqui.

Blog do BILL NOTICIAS