domingo, 4 de março de 2018

“Transposição do Rio Tocantins é mais um equívoco dos gestores públicos”, afirma presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco

(foto/divulgação)


   (C.Britto)

O presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Anivaldo Miranda, disse que a Transposição do Rio Tocantins é mais um “equívoco” dos gestores públicos. A afirmação de Miranda foi destacada durante a sua participação na “Conferência Regional de Mobilização para o 8º Fórum Mundial da Água” e o “2° Encontro Estadual de Comitês de Bacias Hidrográficas do Tocantins (ECOBTO)”, eventos ocorridos em Palmas (TO).
Do ponto de vista da Bacia do Rio São Francisco, nós somos claros em desaconselhar essa ideia. Porque admitir uma transposição do Rio Tocantins significa decretar que a obra da transposição do Rio São Francisco, em 1979, foi um completo equivoco e de fato foi. Então nós vamos de um erro induzir a outro. O que a Bacia do Rio São Francisco precisa é de um projeto de revitalização e recursos. A transposição não é uma solução para esse momento”, comentou Miranda.
O debate contou com a participação do autor do projeto, deputado federal Gonzaga Patriota (PSB), do representante do Ministério da Integração Nacional, Rafael Silveira, do professor da Universidade Federal do Tocantins, Fernán Vergara, do professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, João Abner e do representante da Fundação Joaquim Nabuco, João Suassuna. As discussões foram mediadas pelo presidente do Fórum Tocantinense de Comitês de Bacias Hidrográficas do Tocantins e presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Lago de Palmas, Itamar Xavier. 

Blog do BILL NOTICIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário