sábado, 30 de dezembro de 2017

APÓS PERDER TODAS EM 2017, BRASIL MUDA DE NOVO EM 2018


  O ano que termina deve ser lembrado como um período de recuperação da consciência, no qual aprendemos a enxergar a história como ela é – e não como gostaríamos que fosse.
     Em 2016 assistimos ao fim de uma ilusão democrática nascida nas lutas contra o regime militar e expressa pela Carta de 1988.
     Não foi uma decepção qualquer. Encantou os mais velhos e calejados da luta mais antiga iniciada na resistência ao golpe de 1964. Também chegou aos mais jovens, educados por mais de um quarto século – tempo para se formar uma geração --, pela visão de que enfim vivíamos num país capaz de construir e manter instituições democráticas estáveis, na certeza de que éramos uma nação com regras que todos obedecem e devem obedecer.
     Pela primeira vez parecia possível acreditar e dizer – sem parecer ingenuidade – que o Brasil havia ingressado no patamar de país civilizado. Muitas vezes, com um pouco de imaginação, era até possível enxergar sinais de uma catástrofe em gestação. Mas ninguém perdeu o sono. O Brasil não é Honduras, onde um presidente foi deposto em 2009. Nem o Paraguai, onde ocorreu um golpe em 2012.   
      Era difícil – pelo tamanho de nosso PIB, pelo reconhecimento internacional -- acreditar que estivéssemos na mesma trilha.  
       Com base na convicção correta que encara a democracia como um “valor universal”, acreditávamos no valor das palavras justas, como “Não vai ter golpe”. Um pouco depois, tentamos acreditar em outra vontade honesta, “Fora Temer”.
      Tivemos surpresas, decepções e, acima de tudo, suspeitas confirmadas.
      Não conseguíamos imaginar o rosto de personalidades históricas – respeitadas e até admiradas em outro tempo – desfigurado por manobras sórdidas, canalhices indizíveis. Não parecia que, um dia, seríamos obrigados a reescrever os livros de história, corrigir biografias, rebaixando tantos falsos heróis e mesmo pobres coitados que conseguiram se esconder dos próprios vexames de sua insignificância.
       Não sabemos quantos pais, quantos avós, quantos irmãos, tiveram coragem de chamar os mais novos para explicar que aquele rosto amigo que aparecia tantas vezes no jantar – ou na tela da Tv – não era quem se pensava. Nunca foi, talvez.  
      Fomos traídos sem desconfiar.  
      Perdemos todas as lutas e todas as vezes que saímos de casa para empunhar uma bandeira mas não desistimos. Mesmo travando o bom combate, entre os fortes e os fracos, como é da vida, seguimos perdendo na etapa seguinte. Nossas senadoras improvisaram uma greve de fome para defender a CLT. Ficou uma bela lembrança.
      A greve geral de 28 de abril nunca será esquecida.
      Aos poucos, até falar foi se tornando mais difícil. Tentaram sufocar as redes sociais. Amorteceram todas, silenciaram algumas.
     Sem lei trabalhista, os sindicatos perderam o chão de um país menos antiquado. Entidades do povo pobre que animam a luta social há mais de 30 anos foram golpeadas. Repetindo histórias de tempos que pareciam enterrados para sempre, um capitão do serviço secreto se infiltrou num grupo de estudantes para montar uma provocação.   
      Mas nem tudo deu certo para eles. O plano era afogar os 207 milhões de brasileiros.
      Isso não conseguiram.  
      Pretendiam destruir tudo mesmo. Não foi possível.  
      Salvamos a consciência, essa construção coletiva que explica a sobrevivência que enxerga o futuro.  
      Isso explica o colapso da Vênus Platinada. Vencida pela própria arrogância, nunca mais será a mesma e um dia não será mais.
      Forçados a andar para atrás por uma questão de atualização com as mudanças forçadas, encontramos homens e mulheres que pareciam estátuas, embora fossem personagens de carne e osso. Falam e são compreendidas porque têm vida e conseguem nos lembrar quem somos e de onde viemos.
      Não abandonamos o respeito pela democracia. Apenas compreendemos que envolve uma luta que nunca termina. Foi nesse novo ambiente que conseguimos impedir a votação da reforma da Previdência, que os inimigos do povo jogaram para fevereiro de 2018, sem a menor certeza do que pode acontecer.  
      Isso porque 2018 começa com  a volta de Luiz Inácio Lula da Silva, o personagem que, mais uma vez, se encontra no centro da situação brasileira. Seu destino, novamente, se confunde com o destino do país e isso começa a ocorrer em 24 de janeiro. 
      Perseguido pelo pior e mais cruel que um sistema de dominação colonial foi capaz de construir ao longo de 500 anos de história, Lula continua de pé, caminha e fala. Tornou-se a voz dos pobres e oprimidos em 1978, em plena ditadura militar. Será ouvido mais uma vez, 40 anos depois. O Brasil está mudando de novo, tenham certeza. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

Salário mínimo será de R$ 954 a partir de 1° de janeiro


O salário mínimo em 2018 será de R$ 954, conforme decreto assinado sexta-feira(29) pelo presidente Michel Temer. O novo salário valerá a partir de 1º de janeiro. O decreto sairá em edição extra do Diário Oficial da União ainda nesta sexta-feira.
O valor divulgado é R$ 11 menor do que o previsto inicialmente no orçamento de 2018, aprovado no Congresso no valor de R$ 965. O salário-mínimo atual é de R$ 937. O reajuste de 1,81% segue a previsão do Índice de Preços ao Consumidor (INPC). (Agência Brasil).

Blog do BILL NOTICIAS

TEMER MATA O EMPREGO COM CARTEIRA ASSINADA


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou nessa sexta-feira, 29, que sob o governo de Michel Temer, o número de empregados com carteira assinada atingiu o menor nível dos últimos cinco anos em novembro.
Segundo dados da Pnad Contínua, o contingente de trabalhadores com carteira assinada atingiu 33,2 milhões de pessoas no trimestre encerrado em novembro, o menor nível da série iniciada em 2012. Desde abril de 2015, quando a então oposição inviabilizou o governo de Dilma Rousseff, cerca de 3 milhões de postos com carteira foram perdidos. 
Em um ano, entre o trimestre encerrado neste novembro e o igual período de 2016, 857 mil pessoas perderam empregos com carteira. 
No trimestre encerrado em novembro, 11,2 milhões trabalhavam sem carteira. Ao todo, 411 mil passaram a essa condição entre os trimestres encerrados em agosto e novembro. No intervalo de um ano, o contingente sem carteira ganhou 718 mil pessoas.
Já o trabalho por conta própria ganhou 1,1 milhão de pessoas na comparação anual. Na passagem dos trimestres, 193 mil adotaram o modelo de trabalho, totalizando em novembro em 23 milhões nessa condição.
Em razão da alta da informalidade, a taxa de desemprego recuou para 12% no trimestre encerrado em novembro. Houve queda de 0,6 ponto percentual em relação ao trimestre imediatamente anterior, terminado em agosto. Na comparação anual, contudo, o desemprego está 0,1 ponto percentual mais alto.
As informações são do jornal Folha de S. Paulo. (247).


Blog do BILL NOTICIAS

IBOPE: SÓ 10% ACHAM QUE GOLPE VALEU A PENA


A maioria dos brasileiros parece finalmente ter compreendido os efeitos trágicos do golpe para o País. O detalhamento de uma pesquisa realizada pelo IBOPE Inteligência para a CNI (Confederação Nacional da Indústria) mostra que apenas 10% consideram que o governo ilegítimo de Michel Temer é melhor do que o de Dilma Rousseff. 
Na comparação com o governo Dilma, para 59% dos brasileiros o governo Temer está sendo pior do que o governo Dilma.
A administração de presidente é considerada ruim ou péssima por 74% dos entrevistados, 3 pontos percentuais a menos do que em setembro, uma variação dentro da margem de erro da pesquisa, que é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Em dezembro do ano passado, 46% avaliavam o governo como ruim ou péssimo. Os que consideram o governo como regular passam para 19% (eram 16% na pesquisa anterior e 35% no mesmo período do ano passado) e para 6% o governo está sendo ótimo ou bom (3% em setembro e 13% em dezembro de 2016).
A maneira de governar e a confiança no peemedebista também seguem de mau a pior. Dentre os entrevistados, 88% desaprovam a maneira de governar de Temer e 90% não confiam nele, enquanto 9% aprovam sua maneira de governar.(247).


Blog do BILL NOTICIAS
  

Homem é preso por matar a mulher a marteladas no Cabo

Em carta achada pela polícia, suspeito disse que cometeu crime 
por ordem de entidade sobrenatural
Caso ocorreu no bairro da Charneca, no Cabo
Caso ocorreu no bairro da Charneca, no CaboFoto: Google Maps/Reprodução

Um homem de 41 anos foi preso em flagrante, na manhã desta sexta-feira (29), suspeito de assassinar a companheira no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. A vítima, de 45 anos, foi morta com duas marteladas na cabeça, durante a madrugada, enquanto dormia num sofá na residência do casal, situada no Loteamento Novo Horizonte, no bairro da Charneca. De acordo com a Polícia Civil, o agressor afirmou que cometeu o crime por ordem de uma "entidade do mal".
Após matar a mulher, ele fugiu da casa, mas deixou uma carta encontrada em diligências policiais. No texto, confessou o crime, indicou a influência de questões espirituais e disse que se suicidaria. Acabou preso às 8h30, na zona rural do município, por policiais militares do 18º Batalhão da corporação. O caso foi levado para a Delegacia da Mulher do Cabo de Santo Agostinho. O suspeito foi indiciado por feminicídio.
De acordo com a delegada Angela Patrícia, titular da delegacia, o homem e a vítima estavam juntos havia 12 anos e, preliminarmente, não há relatos de que a relação era marcada pela violência. “Estou ouvindo a filha dela, enteada dele, que se mostrou surpresa, assim como a comunidade. Nunca presenciaram ou identificaram qualquer problema com ele, mas foi indicada a questão da insanidade mental. Ele disse que estava com um problema espiritual. Sobre isso, a princípio, não podemos dizer nada. Precisaremos aguardar a conclusão da perícia”, afirmou.
Inicialmente, havia a suspeita de que a mulher havia sido morta a facadas. Após diligências na casa onde houve o assassinato, foi encontrado o martelo que está sendo apontado como a real arma do crime. “Trouxemos, mostramos e ele confirma que foi um martelo. Ele confessa o crime, atribuindo, no caso, a algo sobrenatural”, acrescentou a delegada, indicando ter sido informada pela população que, há um mês, a vítima e outras mulheres assistiram a uma palestra dela, ministrada numa escola no bairro da Charneca, acerca da violência contra a mulher. “Falamos sobre casos de violência doméstica e sobre como a mulher pode e deve denunciar. É um caso que nos comove”, relatou. 
De janeiro a novembro deste ano, segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS), 268 homicídios de pessoas do sexo feminino foram registrados no Estado. Desses, 75 foram qualificados como feminicídio.(Folhape).


Blog do BILL NOTICIAS

Homem morre atropelado na BR 407 próximo a Petrolina, PE


Um homem morreu atropelado na madrugada desta sexta-feira (29), na BR 407, próximo a Petrolina, no Sertão Pernambucano. O acidente aconteceu por volta das 2 horas, no KM 119.
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Antônio Bezerra Leite, de 69 anos estava em uma bicicleta quando foi atropelado por um veículo. O condutor do veículo fugiu do local sem prestar socorro.
O corpo de Antônio foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina. A polícia informou também que a vítima apresentava sinais de embriaguez.(G1-Petrolina).

Blog do BILL NOTICIAS

Lucas Ramos comemora lei que garante instalação do BIEsp em Petrolina

(Foto: Hélia Scheppa/divulgação)

O Diário Oficial trouxe na sua edição de ontem (28) a Lei nº 16.279/2017, que cria dentro da estrutura organizacional da Polícia Militar de Pernambuco o 2º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (BIEsp). A unidade integra o Batalhão de Choque com Cães, Rádio Patrulha, Moto Patrulhamento e Policiamento de Trânsito, desenvolvendo ações de prevenção à violência e combate ao crime organizado, e será instalada em Petrolina ainda no primeiro trimestre de 2018. O objetivo é ampliar ações de repressão à violência em todo o Sertão do Estado.
A chegada do BIEsp a Petrolina é resultado de indicação do deputado Lucas Ramos (PSB), que articulou a implantação da unidade junto à Secretaria de Defesa Social (SDS). “Petrolina é uma cidade grande, pujante, um polo econômico que atrai a ação de criminosos. Fizemos a indicação ao governador Paulo Câmara, que prontamente atendeu nosso pedido e colocará em nossa região mais de 300 homens e mulheres que irão melhorar a segurança e reforçar a vigilância em nossas divisas“, afirmou o parlamentar, por meio de sua assessoria.
Lucas destacou o empenho do Governo de Pernambuco em promover ações que tragam mais segurança para a população. “O batalhão garante ao Sertão do São Francisco policiais especializados e prontos para atuar em ações específicas, como o combate ao crime organizado, patrulhamento de rodovias e repressão a assaltos a bancos, caixas eletrônicos e carros-fortes”, afirmou Lucas, que também trabalha para que seja instalado um Centro Comunitário da Paz (Compaz) em Petrolina.
Fizemos indicação para que o primeiro Compaz fora do Recife seja implantado em nosso município. Trata-se de uma verdadeira fábrica de cidadania, que garante oportunidades e promove a integração social, fazendo parte de um esforço conjunto voltado à defesa social”, justificou. Além do 2º BIEsp, a Lei Nº 16.279/2017 também cria o 26º Batalhão da PM, com sede em Itapissuma, e a 11ª Companhia Independente da PM, localizada no município de Lajedo. (C.Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

Acidente com vítima fatal na manhã desta sexta-feira(29) próximo a Parnamirim-PE


IMG-20171229-WA0008

IMG-20171229-WA0023

Acidente automobilístico com vitima fatal  na manhã desta sexta-feira(29), na PE 555 que liga Parnamirim a Petrolina-PE. Um  Gol de cor vermelha capotou na PE, depois que o pneu dianteiro do carro estourou. O motorista,  o jovem Marquinho Cordeiro,  ficou gravemente  ferido e não resistiu  vindo a óbito.
A vítima estava se dirigindo para a casa de seus pais onde passaria as festividades de final de ano, localizado na comunidade de Poço do Fumo, segundo as informações da Policia.
A PMPE e o Corpo de Bombeiros estiveram no local do acidente tomando as medidas necessárias para o caso.(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS




Réveillon em Petrolina. Associação de Barraqueiros e Ambulantes é quem promove a noite da virada na cidade



A  Associação de Barraqueiros e Ambulantes está em ritmo de preparativos finais para a  noite do réveillon em Petrolina neste dia 31, domingo, na orla da cidade. Depois que a Prefeitura divulgou em nota oficial que não promoveria a festa, os Barraqueiros e Ambulantes se ofereceram para organizar o evento, que está sendo todo estruturado, contando com  o apoio da Prefeitura, que ofereceu dois artistas para a animação da noite,  Gueber Pereira e Jonathan Araújo, assumiu a responsabilidade pela iluminação, limpeza, bloqueios no trânsito e a queima de fogos, para que os petrolinenses, turistas e convidados fiquem bem acomodados  na noite da virada.
A estrutura para a festa de Réveillon já começou a ser montada em Petrolina.Palcos, tendas e barracas já estão sendo instalados na Porta do Rio, na Orla da cidade, além das estruturas envolvendo camarins e banheiros públicos. A Policia Miliar e a Guarda Municipal farão a segurança da festa.
As atrações contratadas para animação  do Réveillon de Petrolina são:  Carlinhos Caiçara, Babi Castro,  Guerber Pereira e Jonathan Araújo, que prometem alegrar todos os presentes. Aguardem novas informações.(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

LUIZ MOREIRA: "QUAL É A PROVA CONTRA LULA? TEM ALGUMA MALA, UM RECIBO?"


O jurista e professor Luiz Moreira, ex-membro do Conselho Nacional do Ministério Público, criticou a condução dos processos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e desafiou Sérgio Moro e outros magistrados a apresentarem alguma prova da culta do petista.
"Lula faz um desafio e esse desafio deveria calar fundo na sociedade brasileira: 'apresente um fiapo de prova'. Qual é a prova contra o Lula? Tem alguma mala contra o Lula? tem algum recibo contra o Lula? O presidente Lula tem alguma conta secreta, sabida que recebeu dinheiro em Curitiba? Existe alguma gravação contra o Lula? Todo mundo tem celular... (...) Não é possível que na sociedade em que todos são gravados, que o Ministério Público quebra sigilos, que há conduções coercitivas a torto e a direito... O presidente Lula pede que apresentem uma prova", disse, em entrevista exclusiva à TV 247. 
"O Ministério Público, a Justiça Federal, a Polícia federal, que perdem e arrebentam, são incapazes de apresentar uma única prova."
"Qual é a dimensão que nós temos em 24 de janeiro? Nós temos o maior líder popular deste país, o homem que hoje protagoniza as eleições de 2018, os homens que os institutos de pesquisa dizem que ganhará as eleições em primeiro turno. Qual era o projeto? O ministério Público, o juiz Sergio Moro e acharam que o Lula iria se acovardar, que ele recuaria colocaria o rabo entre as pernas e se renderia. O corre que, se eles politizaram o processo, o presidente Lula apresentou uma defesa extremamente técnica", completa.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

Petroleiros russos forneceram combustível para Coreia do Norte

Fonte afirmou que contrabando evoluiu para carregamentos no mar 

Fonte confirmou existência do comércio russo de combustível
Fonte confirmou existência do comércio russo de combustívelGetty images

Petroleiros russos forneceram combustível para a Coreia do Norte em ao menos três ocasiões nos meses recentes no mar, de acordo com duas fontes seniores europeias ocidentais da segurança, proporcionando uma salvação econômica ao recluso país comunista.
As vendas de petróleo ou produtos de petróleo da Rússia, segundo maior exportador de petróleo do mundo e membro com poder de veto no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas, violam sanções da ONU, disseram as fontes da segurança.
As transferências em outubro e novembro indicam que o contrabando da Rússia para a Coreia do Norte evoluiu para carregamentos no mar desde que a Reuters relatou em setembro que navios norte-coreanos estavam navegando diretamente da Rússia para a Coreia do Norte.
"Navios russos fizeram transferências entre navios de petroquímicos para navios da Coreia do Norte em diversas ocasiões neste ano, em violação às sanções", disse a primeira fonte da segurança, sob condição de anonimato, à Reuters.
Uma segunda fonte, que confirmou de forma independente a existência do comércio russo de combustível entre navios com a Coreia do Norte, disse que não há evidências de envolvimento do Estado russo nas transferências mais recentes.
"Não há evidência de que isto é apoiado pelo Estado russo, mas estes navios russos estão dando uma salvação aos norte-coreanos", disse a fonte europeia da segurança.
As duas fontes da segurança citaram inteligência naval e imagens de satélites de navios operando fora dos portos russos no Extremo Oriente no Pacífico, mas se negaram a divulgar mais detalhes à Reuters, dizendo serem confidenciais.
O Ministério das Relações Exteriores da Rússia e o Serviço Aduaneiro da Rússia se negaram a comentar quando perguntados na quarta-feira se navios russos haviam fornecido combustível para embarcações norte-coreanas. O dono de um navio acusado de contrabando de petróleo para a Coreia do Norte negou qualquer atividade de tal tipo.
O relato mais recente acontece conforme a China, respondendo nesta sexta-feira às críticas do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, negou ter enviado ilicitamente produtos de petróleo para a Coreia do Norte.
A Coreia do Norte depende de combustível importado para manter sua economia funcionando. O país também precisa de petróleo para seu míssil balístico intercontinental e seu programa nuclear, que os EUA dizem ameaçar a paz na Ásia. (R7).





Blog do BILL NOTICIAS

Temer reduz reajuste do mínimo em R$ 11 e valor cai para R$ 954

O presidente Michel Temer tira R$ 11 do aumento do salário mínimo previsto na Lei Orçamentária Anual
Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

No mesmo dia em que amplia com recursos do Fundo de Participação dos Municípios  (FPM) em mais R$ 2 bilhões, o presidente Michel Temer tira R$ 11 do aumento do salário mínimo previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA), aprovada pelo Congresso Nacional no último dia 14, de R$ 965.

Pelo decreto que deverá ser publicado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) nesta sexta-feira, o salário mínimo que entrará em vigor a partir de janeiro será de R$ 954.

O texto da LOA aprovado pelo Congresso prevê crescimento de 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) de 2018, dado que deverá ser revisado no próximo relatório de avaliação bimestral do Ministério do Planejamento, pois o governo elevou de 2% para 3% a estimativa de expansão da economia no próximo ano.

O orçamento ainda prevê uma meta fiscal menor do que a prevista na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de deficit para as contas do governo federal, passando de um rombo de até R$ 159 bilhões para R$ 157,3 bilhões.

Para especialistas, o cumprimento dessa meta não está 100% garantido, porque o governo ainda depende de medidas que não foram aprovadas pelo Legislativo ou que foram suspensas pelo Supremo Tribunal Federal  (STF), como a do adiamento do reajuste dos servidores para 2019. E, ainda, a lei que estende o Repetro (regime de incentivo ao setor de petróleo) até 2040, a MP 795/2017, publicada hoje no DOU deverá gerar uma renúncia acima dos R$ 5,4 bilhões estimados inicialmente pela proposta do Executivo enviada em agosto.(DP).



Blog do BILL NOTICIAS

APÓS 1º ANO, DORIA NÃO CUMPRE MAIS DA METADE DAS PROMESSAS

Fernando Pereira/ Secom

Um ano após assumir o governo da cidade de São Paulo, o prefeito tucano João Doria não cumpre nem a metade de suas promessas de campanha. 
Segundo levantamento feito pelo jornal Folha de S. Paulo, das das 118 promessas feitas pelo tucano durante a campanha eleitoral de 2016, 11 (9%) foram concluídos, outros 45 (38%) estão em andamento, 29 (25%) em ritmo lento de implementação e 33 parados (28%).
Entre as obras classificadas como "em andamento" está a desocupação de prédios invadidos e a reforma de Unidades Básicas de Saúde (UBS). 
em estágio lento está a valorização da CGM (Controladoria Geral do Município), órgão de combate à corrupção. Além de perder status de secretaria, o órgão teve uma técnica substituída por um aliado da atual gestão.
Já as consideradas "paradas" são as promessas que mal saíram do papel ou foram abandonadas. Por exemplo, a prefeitura desistiu de fazer faixas exclusivas para motos e manteve paralisadas obras dos Centros Educacionais Unificados (CEUs).
Segundo pesquisa Datafolha de novembro, 39% consideram a gestão tucana ruim ou péssima -o mesmo índice de desaprovação do ex-prefeito Fernando Haddad (PT) ao final de seu primeiro ano no comando, em 2013. Doria tem ainda 29% de ótimo ou bom e 31% de regular. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

Verba de R$ 1,3 milhão garantirá requalificação do Bodódromo

(foto/divulgação)

A Prefeitura de Petrolina e a Codevasf firmaram um convênio, nesta sexta-feira (29), para a requalificação de um dos principais polos turísticos e gastronômicos do Sertão. Com investimento de R$ 1,3 milhão, o tradicional Bodódromo receberá obras no próximo semestre.
O convênio foi assinado pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, José Batista da Gama, o superintendente regional da Codevasf, Aurivalter Cordeiro, o vereador Ronaldo Silva e o deputado federal Guilherme Coelho, autor da emenda parlamentar que assegurou os recursos. Entre as ações previstas na requalificação estão melhorias no pátio e vias de acesso, iluminação, estacionamento – inclusive para ônibus de turismo –, e até a criação de um anfiteatro no local.
Segundo José Batista, as obras devem começar em maio ou junho, quando será concluído o processo licitatório. “Vamos acelerar toda a burocracia para começar logo essa requalificação. O Bodódromo hoje é um símbolo de nossa região, um ponto turístico conhecido nacionalmente, que movimenta a economia da cidade com a grande quantidade de restaurantes que servem os moradores locais e turistas“, salientou o secretário José Batista.
Além dos recursos para o Bodódromo, o convênio garante mais R$ 1,3 milhão para pavimentação de ruas em vilas e povoados na área de sequeiro de Petrolina. “O Bodódromo é uma referência para o turismo do Nordeste e sua revitalização é urgente. Melhorando sua estrutura, vamos garantir maior movimentação econômica e geração de emprego e renda para Petrolina e região“, destacou Guilherme Coelho. (C.Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

2018 COMEÇA NO DIA 24, EM PORTO ALEGRE

REUTERS/Ueslei Marcelino


O ano político, claro, começa com o julgamento, com sentença razoavelmente previsível, do ex-presidente Lula no dia 24 de janeiro.
O mais provável  – resta sempre a esperança em algum nível de lucidez dos seres humanos – é que comece ali a experiência, inédita no Brasil, de uma eleição onde o conservadorismo pretende contar a possibilidade de uma disputa interna da direita, apenas.
Geraldo Alckmin, Rodrigo Maia, Henrique Meirelles e Marina Silva, entre si, crêem que travariam um “jogo de compadres”,  deixando que a mídia e a falta de tempo de televisão mantenham Jair Bolsonaro no patamar entre 15 e 20% do qual não se vislumbra possa sair.
Ciro Gomes, com os arroubos do seu individualismo, tem um ponto de partida mas não tem mostrado capacidade de somar, para que seja um ponto de chegada, infelizmente.
Lula continuará em campanha, independentemente do resultado do julgamento, até que possa medir os efeitos do trauma de ter-se o candidato com imenso favoritismo extirpado do processo eleitoral.
É ele que dará ao ex-presidente a observação necessária entre insistir, como deve fazer,  ou de indicar um candidato. Alguém que pode, até, começar de baixo, mas que terá a unção do “ele disse”. Só muito desespero poderia levar a uma decisão de prisão imediata de Lula, com consequências imprevisíveis, exceto na radicalização política que irá causar.
Há, portanto, um divisor de águas no julgamento do TRF-4, em Porto Alegre: ali decidir-se-á se teremos uma eleição democrática e livre ou se optarão por um processo de traumas sucessivos.
Atalhos para alcançar o poder são, sempre, caminhos cheios de despenhadeiros. O PSDB jogou fora uma vitória praticamente assegurada em 2018 quando resolveu apelar para o golpismo e é agora o mulambo que todos vêem.  Marina Silva, duas vezes “azarão” expressivo, cometeu um erro fatal ao emprestar-se a Aécio Neves no segundo turno de 2014 e é hoje um macarrão sem sal e sem molho, incapaz de agradar ou empolgar.
As candidatura de Meirelles e/ou Rodrigo Maia precisarão ser “inventadas” e podem “morrer” precocemente com a derrota da emenda da Previdência.  E não está fácil ser diferente disso, ainda mais porque, apesar do discurso oficial da “retomada da economia”, o panorama continua desalentador  quando sai dos jornais e vai para a poeira das ruas.
O povão observa e espera e as pesquisas dão sinal de que cai, até entre a classe média, o altar da Lava Jato e, com ele, a perspectiva de que se possa legitimar a exclusão de Lula.
Infelizmente, parte de uma autointitulada esquerda “purista” caminhou para um udenismo “cult” e reproduz, com punhos de renda, o discurso moralista de que se vale a direita para encobrir a exploração cruel que tem como projeto – mal se pode chamar assim – para o país.
Serão tempos muito duros, os meses de 2018 e precisamos conservar a cabeça lúcida e fria e manter os corações quentes.
Os índices obtidos por Lula, depois do massacre do qual foi vítima, mostram a força da memória da população.
Não somos nós, da classe média,  quem estamos mostrando a ela os caminhos que deve seguir. É ela, no seu instinto de sobrevivência, quem nos está ensinando. (247).


Blog do BILL NOTICIAS

Petrobras anuncia alta de 1,90% no preço da gasolina e avanço de 0,40% no diesel


A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (29) um novo reajuste para os combustíveis, com aumento de 1,90% no preço da gasolina nas refinarias e alta de 0,40% no do diesel. Os novos valores valem a partir deste sábado, dia 30 de dezembro.
A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.
Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente. Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais. (Ascom),(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Em Dormentes, o Deputado Federal Adalberto Cavalcanti faz a entrega de 4 Tratores, 8 Ensiladeiras e R$ 300.000,00(Trezentos mil reais)


Nesta sexta-feira(29), foi a vez do Município de Dormentes ser beneficiado com a entrega de 4 (quatro) Tratores de Pneus com Implementos, 8 (oito) Ensiladeiras e ainda R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) que serão distribuídos em Horas/Maquina para as Associações de Trabalhadores Rurais.
O evento contou com as presenças população e de políticos locais: o Ex-Prefeito Ranieri Reis, Ex-Vice Prefeito Avelar Gomes, as Vereadoras Betinha de Dudu , Socorrinha da Saúde, Vereador Jurandir, o Suplente de Vereador Paulo Vila Nova e dos líderes comunitários Eltildes, Anselmo e Zé de Cícero.
Adalberto continuará a fazer a entrega de mais equipamentos como esses ainda em outros municípios.(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

RN: governo autoriza envio de Forças Armadas para reforçar segurança

Pelo menos 2 mil militares das Forças Armadas vão
 reforçar a segurança no Rio Grande do Norte

Forças Armadas
Forças ArmadasFoto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

Pelo menos 2 mil militares das Forças Armadas vão reforçar a segurança no Rio Grande do Norte, onde policiais militares e civis estão desde a terça-feira (19) com parte das atividades paralisadas, em protesto contra o atraso no pagamento de salários e do décimo terceiro.

Segundo o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o governo federal decidiu atender ao pedido feito nessa quinta-feira (28) pelo governador Robinson Faria, depois que equipes dos ministérios da Defesa, da Justiça e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) avaliaram a situação da segurança pública estadual.

“Dada a permanência do impasse quanto à questão salarial, a recusa dos policiais de voltarem às suas atividades normais e (ao fato de) que, embora não tenhamos até aqui uma explosão da violência, esta vinha crescendo gradualmente, concluímos ser necessário deslocar tropas para o estado a fim de garantir a lei e a ordem”, explicou Jungmann a jornalistas.

Até o fim do dia de nesta sexta-feira (29), 500 homens do Exército, da Marinha e Aeronáutica já deverão estar atuando no patrulhamento ostensivo na região metropolitana de Natal e de Mossoró, as duas cidades mais populosas do estado. Nas próximas 48 horas, mais 1.5 mil militares serão deslocados de diversas unidades de estados próximos. A atuação militar será coordenada pelo Comando Conjunto das Forças Armadas.

Se necessário, o efetivo inicial será reforçado a atuará em outras localidades. Os militares das Forças Armadas reforçarão a presença federal no estado, onde 220 agentes da Força Nacional de Segurança Pública já atuam desde o ano passado: além dos 120 agentes que já estavam apoiando os órgãos policiais estaduais, no último dia 21 o governo federal autorizou o envio de mais 70 agentes para patrulhar as ruas da capital, Natal. Nessa quinta-feira (28), foi autorizado o envio de mais 30 agentes da Força Nacional para suprir a ausência dos policiais potiguares.

De acordo com o ministro, o governo federal já assegurou a disposição de reforçar o efetivo inicial, que atuará ao lado dos 220 agentes da Força Nacional de Segurança Pública já enviados ao estado. Cento e vinte agentes da força especial já estavam dando apoio aos órgãos policiais e de perícia potiguares desde o ano passado. No último dia 21, em função da paralisação dos policiais militares, bombeiros e civis, o governo federal autorizou o envio de mais 70 policiais para patrulhar as ruas da capital, Natal. Nessa quinta-feira (28), foi autorizado o envio de mais 30 agentes da Força Nacional.

Para o ministro da Defesa, a situação de “anormalidade” em um período em que o estado recebe muitos turistas demonstra a necessidade de que seja discutida a ação de policiais civis e militares.

“Está na hora de termos clareza se as forças policiais podem ou não fazer greve. Pela lei, não podem, mas, na prática, o fazem, colocando a sociedade em uma situação de vulnerabilidade e medo. Entendemos a situação de quem fica sem salário, as vicissitudes e que há uma corresponsabilidade dos estados, mas lei é lei e deve ser cumprida”, comentou Jungmann, que viaja neste sábado (30) para Natal, onde passará o réveillon, para acompanhar de perto a operação.

“Dentro da lei, vamos ser implacáveis na repressão de delitos e da criminalidade”, acrescentou o ministro, conclamando os policiais potiguares a retomarem suas atividades. “Faço um apelo para que, apesar de todas as dificuldades, retornem. Mais dia menos dia, esta situação aflitiva será resolvida.”(Folhape).




Blog do BILL NOTICIAS

Prisão de cúpula da Alerj representa "fim de quadrilha", diz advogado

Esquema criminoso fez com que o Rio deixasse de arrecadar R$ 183 bilhões

Picciani e outros dois deputados foram estão presos na cadeia de Benfica
Picciani e outros dois deputados foram estão presos na cadeia de Benfica

prisão da cúpula do PMDB na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) provocou comoção no Rio de Janeiro e servidores foram às ruas comemorar e pedir a permanência dos três deputados no presídio. Jorge Picciani, presidente da assembleia, Paulo Melo e Edson Albertassi, líder do governo Pezão na Casa, foram detidos no dia 16 de novembro, durante a operação Cadeia Velha, que investigava o recebimento de propina em troca de favorecimento a empresas do setor de transportes.
Na quarta-feira (6), o MPF (Ministério Público Federal) denunciou os três parlamentares ao TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região). Eles seguem presos na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, zona norte do Rio.
Para o professor de Direito Administrativo da PUC-Rio Manoel Peixinho, a prisão da cúpula da Alerj representa o “fim de uma quadrilha” que usa o poder para benefício próprio.
— A prisão dos três deputados, incluindo o presidente da Alerj, significa o fim de um ciclo, de uma quadrilha que vem assaltando o Estado do Rio de Janeiro nos últimos anos.
Segundo a Polícia Federal informou na época da operação, o esquema criminoso fez com que o Rio de Janeiro deixasse de arrecadar R$ 183 bilhões em tributos em um prazo de cinco anos. Esse valor, segundo o delegado Alexandre Ramagem Rodrigues, não chegou aos cofres públicos devido aos benefícios fiscais concedidos a empresas e empreiteiras.
A denúncia feita pelo MPF na última semana aponta que Picciani teria recebido R$ 11 milhões da Odebrecht em propinas, dos quais e R$ 4,5 milhões foram depositados no exterior. A denúncia também diz que o parlamentar recebeu de empresas de ônibus R$ 49 milhões. O presidente da Casa foi denunciado pela promotoria por evasão de divisas, cartel, fraude a licitações, corrupção, lavagem de ativos e organização criminosa.

— A corrupção em números ela significa desvio de recursos públicos significativos que tiveram impacto no Rio de Janeiro nos últimos anos, e hoje são refletidos na ausência de pagamento para servidores. Não foram pagos, por exemplo, o décimo terceiro do ano passado para os servidores. Ainda há carência na área de saúde, educação, segurança pública.Peixinho destacou que todo o esquema de corrupção no qual os políticos fluminenses se envolveram, incluindo o ex-governador Sérgio Cabral, também do PMDB, se refletem diretamente na crise que o Estado enfrenta desde o final de 2015.

Revogação de prisão
No dia 16 de novembro, o TRF-2 realizou uma sessão para analisar o pedido de prisão do três parlamentares pedido pelo MPF. Os desembargadores votaram a favor e eles foram encaminhados para a prisão de Benfica. No dia seguinte, a Alerj realizou uma sessão extra e, com votos da maioria dos deputados, resolveu mandar soltar Picciani, Melo e Albertassi.
Horas após a sessão da Alerj, os investigados foram liberados da cadeia sem um alvará da Justiça, mas retornaram após nova determinação do TRF-2.
Para Peixinho, a soltura dos parlamentares foi uma mostra de como a Alerj é conivente com seus líderes.
— Quando a assembleia resolveu revogar a prisão dos três e depois a justiça restabeleceu a prisão deles, isso foi uma demonstração de que estes deputados representam um feudo político que domina o Estado.
Eleições 2018
Segundo o especialista, apesar de o Estado do Rio de Janeiro viver por anos sob o poder de uma “oligarquia que vem desviando recursos públicos impunemente”, as prisões dos deputados representam uma esperança para o povo fluminense.
—A prisão desses deputados, que são considerados líderes, pode significar uma esperança para o Rio de Janeiro, no sentido de que nas próximas eleições o eleitor tome consciência de quem votar, porque é o voto que leva o marginal, o criminoso para ser representante do povo. (R7).

Blog do BILL NOTICIAS