domingo, 3 de dezembro de 2017

LULA FAVORITO, TAPETÃO À VISTA

 Mídia Ninja

A nova pesquisa Datafolha diz que agora o ex-presidente Lula é favorito.  A preferência por ele deixa isolados os demais candidatos, inclusive Bolsonaro, que segue em segundo lugar mas com metade (17%) dos 34% obtidos por Lula. E isso acontece no momento em que as forças da coalizão do golpe  começam a se unir em torno da candidatura do governador tucano Geraldo Alckmin, que aparece em quarto lugar, com apenas 6% de preferência, empatado com Ciro Gomes e Joaquim Barbosa, que nem candidato é.  Lula já reúne condições para ganhar no primeiro turno e  bate todos os concorrentes nas simulações de segundo turno, e com mais folga, derrota Alckmin, por 52% a 30%.   O novo quadro deve atiçar o comichão da direita pela solução do tapetão, a inabilitação de Lula por quatro desembargadores do TRF-4. Podem eles tirar de 50 milhões de eleitores o direito de votar no candidato de sua preferência?
O Brasil tem 144 milhões de eleitores neste ano de 2017 (serão mais em 2018). Atribuindo-se a Lula 35% de preferência,  ponto médio da pesquisa, seriam R$ 50,4 milhões de eleitores garfados no seu direito de votar no preferido.  Por mais que acreditem na passividade dos brasileiros diante dos golpes, a operação tapetão é temerária, pode  destampar a panela de pressão que vem acumulando gás desde o golpe do ano passado.
Bolsonaro continua em segundo lugar, e se consolida nesta posição porque, mesmo tendo metade dos índices de preferência de Lula, em seu melhor cenário,  deixa bem para trás a segunda divisão, encabeçada por Marina Silva (9%) e seguida por Alckmin e Ciro (6%). Depois vem a turma da lanterna, com menos do que isso.   A coalizão golpista e a mídia vão tocar bumbo para o perigo que ele representa, destacando a solidez de sua posição para favorecer a emergência do tucano como candidato da grande coalizão que está sendo armada, com apoio de Temer, do PMDB, do Centrão, de todos que deram o golpe.   Se conseguem tirar Lula do páreo, derrotar Bolsonaro será fácil como tomar doce de criança. Este é o jogo: Lula fora e Bolsonaro demonizado.
Nos próximos meses, a elite brasileira dirá até onde será capaz de golpear a democracia para evitar a eleição de Lula.  Seu outro caminho é o da restauração democrática plena,  através de um pacto que garanta a realização das eleições com a participação de Lula e vença quem tiver mais votos.   E no sistema presidencialista, sem recurso ao parlamentarismo, pleno ou semi.  Lula já governou o país com êxito, provou sua responsabilidade e competência,  favoreceu os mais pobres sem tirar dos ricos, garantiu ao Brasil uma projeção internacional sem precedentes.   Em qualquer lugar do mundo, este pacto simples seria adotado como solução natural. Assim funcionam as democracias.    Não aqui,  onde as elites nacionais recobraram o velho gosto pelas soluções autoritárias, ainda que com roupagem nova, e pela exclusão do povo na escolha de seu destino.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

LULA VENCE CAMPANHA DE DESMORALIZAÇÃO E REJEIÇÃO VOLTA AO NÍVEL PRÉ-LAVA JATO


As projeções de 2° turno, antecipadas ontem, já indicavam o que á mostrado em plenitude pelos dados completos do Datafolha realizado nos dois últimos dias de novembro: a rejeição a Lula caiu de forma marcante e, tecnicamente, voltou ao patamar anterior à campanha de desmoralização que lhe moveram a Lava Jato e a mídia, que atingiu seu ápide às véspera do  impeachment de Dilma Rousseff, com 57%
39% dizerem, agora,  que não votariam em Lula “de jeito nenhum” não é muito diferente do preconceito que ele carrega desde sempre, mesmo nos melhores momentos de prosperidade econômica em seus governos.
Movimento inverso teve seu algoz, o juiz Sérgio Moro, que ostenta o mesmo nível de rejeição, ao ponto de que um candidato por ele indicado teria igual nível de recusa (44%) que o mesmo teria se a indicação fosse de Lula (45%). Aliás, neste quesito, Alckmin que se cuide: 62% dizem não votar em um candidato indicado por Fernando Henrique Cardoso e 81%, como se ensaia, recusariam o voto ao candidato indicado por Michel Temer.
Os números revelam duas realidades políticas.
A primeira é que Lula enfrentou e venceu o “Exército Islâmico”, este Isis judicial midiático que praticamente tomou conta do país desde 2015. Progressivamente, recuperou o território e, agora, começa a reunir aliados para uma ofensiva definitiva. É verdade que as forças fundamentalistas de mercado ainda têm a “bomba H” de uma condenação, mas detoná-la destruiria  a si próprios, dividindo ao meio o país que querem controlar.
Além disso, levam à conclusão de que o “meu programa é ser o anti-Lula“pode ainda ser suficiente para levar um candidato ao 2° turno, mas não reúne, na hora da decisão, mais de um terço dos eleitores. Proporção que, alás, também progressivamente se reduz.
Há um ano e quatro meses, os resultados de um eventual segundo turno, onde Lula é franco favorito, segundo o Datafolha (veja aqui os atuais, publicados no post anterior) eram algo que hoje parece inacreditável:  Aécio teria 38% e Lula 36%; Alckmin obteria o mesmo resultado; Marina atingiria 44% e Lula só  32%  e até José Serra iria a 40%, deixando Lula com 35%.
Progressivamente, a vida real vai se impondo à propaganda de massas e o país vai orientando os vetores de seus desejos na direção da própria sobrevivência.
Resta saber se a vontade popular nascerá livremente das urnas ou se sofrerá um aborto violento nas cortes judiciais.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: NENHUM DEPUTADO DO CEARÁ DECLAROU VOTO A FAVOR

:

Em levantamento do jornal Folha de S. Paulo, realizado entre os dias 27 e 30 de novembro, nenhum deputado federal do Ceará declarou voto favorável à Reforma da Previdência proposta pelo governo Michel Temer. Dos 22 parlamentares que integram a bancada do estado, 12 se disseram contrários, quatro estão indecisos, dois não quiseram se manifestar e outros quatro não foram localizados. Confira:
Contrários à reforma da Previdência
André Figueiredo (PDT)

Ariosto Holanda (PDT)

Cabo Sabino (PR)

Chico Lopes (PCdoB)

Domingos Neto (PSD)

Genecias Noronha (SD)

José Airton Cirilo (PT)

José Guimarães (PT)

Leônidas Cristino (PDT)

Luizianne Lins (PT)

Odorico Monteiro (PSB)

Vitor Valim (PMDB)
Indecisos
Aníbal Gomes (PMDB)

Gorete Pereira (PR)

Moses Rodrigues (PMDB)

Vaidon Oliveira (PROS)
Não quiseram se manifestar

Adail Carneiro (PP-CE)

Vicente Arruda (PDT-CE)
Não foram localizados
Danilo Forte (Sem partido)

Macedo (PP)

Raimundo Gomes De Matos (PSDB)

Ronaldo Martins (PRB) (247).

Blog do BILL NOTICIAS

BOLSONARO EMPREGOU EX-MULHER E PARENTES EM GABINETES


 O deputado federal e pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e seus filhos empregaram, nos últimos 20 anos, uma ex-mulher do parlamentar e dois parentes dela em cargos públicos em seus gabinetes. Ana Cristina Valle, ex de Bolsonaro e mãe de Jair Renan, o quarto filho do presidenciável; a irmã dela, Andrea, e o pai das duas, José Cândido Procópio, ocuparam as vagas a partir de 1998, ano de nascimento de Jair Renan. Ana Cristina e José Cândido não estão mais nos gabinetes da família, mas Andrea continua no do deputado estadual Flávio Bolsonaro, filho do presidenciável.

Embora esteja lotada no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), ela não trabalha no local. O GLOBO a procurou duas vezes no gabinete nos últimos dias, e os funcionários disseram desconhecê-la. A ex-mulher de Bolsonaro, Ana Cristina, alegou que a irmã, assim como o pai, sempre trabalhou em Resende, uma das bases eleitorais de Bolsonaro. O trabalho de assessores nas bases dos parlamentares é permitido.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

AJUSTE DA TARIFA DE ESTATAIS PARA PRIVATIZAÇÃO ENCARECE ENERGIA NO NORTE E NORDESTE

REUTERS/Paulo Santos: Torres e cabos de alta tensão que transportam energia elétrica em todo o estado do Pará, próximo da cidade de Marabá. Com a redução nas tarifas de energia elétrica realizada pelo governo no início do ano, a conta de luz residencial no Brasil passou a ser

Reuters - Brasileiros do Norte e Nordeste estão pagando mais caro pela energia elétrica em meio a reajustes extraordinários autorizados pelo governo para recuperar a saúde financeira de distribuidoras de energia estatais que devem ser privatizadas em 2018, e em alguns casos as tarifas praticadas atualmente já são 20% superiores à média nacional.
No Piauí, por exemplo, as contas de luz passaram de um nível 1 por cento abaixo da média do país para valores quase 22% superiores. No Alagoas a tarifa agora é quase 10% mais alta que na média brasileira, contra valores 6 por cento inferiores antes dos reajustes, segundo levantamento da consultoria TR Soluções a pedido da Reuters. 
No Amazonas, onde as tarifas já eram elevadas e mais caras que na maior parte dos demais Estados, uma nova alta de 17%, em média, levou as contas a um nível quase 20% superior à média brasileira.
Nesses três casos, as distribuidoras são controladas pela Eletrobras, que pretende vender as concessões até abril de 2018. No Amapá, onde a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) é controlada pelo governo local e também deve ser privatizada, o reajuste autorizado ainda nesta semana foi de 37 por cento.
O governo e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovaram as elevações nas tarifas para recuperar o equilíbrio econômico e financeiro das distribuidoras antes das privatizações, uma vez que todas essas empresas são fortemente deficitárias.
O professor do Instituto de Economia da Energia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IEE-UFRJ) Edmar de Almeida afirmou essas distribuidoras passavam por reajustes anuais, mas mesmo assim as tarifas seguiam abaixo dos custos, o que obrigou a Eletrobras a assumir prejuízos bilionários nos últimos anos para bancar suas operações.
Tarifas de energia e combustíveis foram utilizadas em governos anteriores como meio para contar a inflação.
“O que o governo está fazendo, nitidamente, é realinhar os preços, trazer os preços a mercado e deixar as empresas mais saudáveis. Se estão com perspectiva de privatizar, você precisa vender o ativo equilibrado, e não deficitário. Não tem milagre. Todo mundo que acredita em milagre paga lá na frente”, afirma o professor Alberto Ajzental, da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EESP).
Impacto social
As distribuidoras da Eletrobras que serão privatizadas atuam em Acre, Alagoas, Amazonas, Roraima, Rondônia e Piauí, e o governo federal quer incentivar também a venda da CEA, do governo do Amapá.

“Evidentemente que esse aumento dos custos deve pesar para os consumidores num primeiro momento. Mas a expectativa em médio prazo, de qualquer forma, é conseguir melhorar as condições de gestão e eficiência das distribuidoras”, defendeu o sócio-diretor da consultoria TR Soluções, Paulo Steele.
Ele afirmou ainda que com o tempo os ganhos de eficiência devem gerar reduções nas tarifas, à medida que os novos donos das distribuidoras consigam reduzir custos operacionais e perdas técnicas.
Por outro lado, as elevações tarifárias significativas em Estados que já estão em regiões mais fragilizadas economicamente podem incentivar aumentos nos furtos de energia no curtíssimo prazo, segundo Almeida, da UFRJ.
“A questão é que vai haver aumento tarifário... no Norte, pela situação social, isso pode trazer consequências de médio e longo prazo insustentáveis, a região pode ficar prejudicada em sua concorrência... mas eu acho que a maior transparência para o problema (das tarifas) facilita a solução”, apontou ele.
Para o professor Ajzental, da FGV, os fortes aumentos deverão penalizar principalmente os consumidores de renda mais baixa, que gastam uma proporção maior do salário com a conta de luz.
“Para uma família de baixa renda, se a conta de luz subiu 10 reais, é menos cinco quilos de arroz no mês. Não é um item de luz, é de sobrevivência, então tem um impacto forte para quem tem baixo poder aquisitivo”, afirmou.
Ele ressaltou que o governo do presidente Michel Temer vem tentando acabar com políticas de sua antecessora Dilma Rousseff, que utilizou a força de estatais como Eletrobras e Petrobras para conter tarifas de eletricidade e preços dos combustíveis.
“As estatais foram utilizadas para fazer política social e foram utilizadas para conter a inflação, você teve um represamento de preços administrados”, apontou.
Segundo informações do site da Aneel, as tarifas da Eletrobras no Amazonas são agora as mais caras do país entre concessionárias de grande porte. No Piauí, a subsidiária local da elétrica tem a quarta maior tarifa entre as grandes empresas. No Alagoas, a tarifa é a oitava maior.
Além das contas agora entre as mais caras, as empresas também ostentam indicadores de qualidade do serviço “entre os piores do Brasil”, segundo documento do Ministério de Minas e Energia sobre a Eletrobras divulgado na noite de quarta-feira.
As distribuidoras da estatal ainda acumulam 20,8 bilhões de reais em dívidas, mais do que o valor das empresas, estimado em 10,2 bilhões pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no início deste mês.
A proposta do governo para a privatização dessas distribuidoras prevê que vença a disputa pelos ativos quem se oferecer a assumir as operações com a menor tarifa --o preço das elétricas foi fixado no valor simbólico de 50 mil reais.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

LULA CONSOLIDA VANTAGEM E PODE LEVAR ELEIÇÃO NO PRIMEIRO TURNO

Ricardo Stuckert

 O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva avançou no Datafolha e pode vencer a próxima eleição até no primeiro turno. É o que mostra pesquisa que acaba de ser divulgada pelo instituto do grupo Folha. No principal cenário, Lula tem 34%, o dobro do segundo colocado, que é Jair Bolsonaro, com 17%. Em seguida, aparecem Marina Silva, com 9%, Geraldo Alckmin, com 6%, e Ciro Gomes também com 6%,.

O instituto fez 2.765 entrevistas entre 29 e 30 de novembro, em 192 cidades. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.
"Quando a intenção de voto é questionada sem apresentação de nomes, Lula surge com 17% das citações e Bolsonaro, com 11%. Todos os outros pontuam de 1% para baixo", aponta ainda o jornalista Igor Gielow. "Lula ganha em todos os cenários de segundo turno. Ele ampliou em quatro pontos percentuais sua vantagem, em relação à pesquisa feita no fim de setembro, no confronto com Alckmin (52% a 30%), Marina (48% a 35%) e Bolsonaro (51% a 33%). O tucano empata tecnicamente com Ciro (35% a 33%) e Marina ganharia de Bolsonaro (46% a 32%)", diz a reportagem.
Confira, abaixo, as simulações de segundo turno:
                   Setembro/17          Dezembro/17
Lula                  46%                       52%
Alckmin            32%                       30%

Lula                 44%                       48%
Marina             36%                       35%

Lula                47%                        51%
Bolsonaro        33%                        33%

Leia, abaixo, reportagem da Reuters sobre a pesquisa: 
RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fortaleceu sua liderança e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) está isolado em segundo lugar da corrida presidencial, segundo pesquisa Datafolha divulgada neste sábado.
Em um cenário da pesquisa que considera os dois nomes concorrendo contra Marina Silva (Rede), Joaquim Barbosa, Michel Temer (PMDB) e Henrique Meirelles (PSD), Lula lidera com 34 por cento dos votos, Jair Bolsonaro fica em segundo com 17 por cento e Marina Silva com 9 por cento. O governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT) ficam empatados na quarta posição, com 6 por cento.
Nesse cenário, Joaquim Barbosa tem 5 por cento das intenções de voto, Alvaro Dias (Podemos) tem 3 por cento, Manuela D’Ávila (PCdoB) 1 por cento, Temer 1 por cento, Meirelles 1 por cento, Paulo Rabello de Castro (PSC) 1 por cento, branco/nulo/nenhum 12 por cento e não sabe, 2 por cento.
O instituto pesquisou outros cenários em que nem todos os possíveis candidatos aparecem na disputa. 
O ex-presidente Lula, condenado em primeira instância pelo juiz federal Sérgio Moro, lidera em todos os cenários nos quais foi incluído, com intenções de voto que variam de 34 por cento a 37 por cento.
Lula foi condenado em um julgamento por corrupção, em julho. Se esta condenação for confirmada, ele não poderá competir.
Nos cenários em que Lula foi excluído da disputa, a pesquisa apontou na liderança Bolsonaro, com intenções de voto que variam de 21 por cento a 22 por cento.
Alckmin aparece nos cenários da pesquisa sempre entre a terceira e a quarta posição.
No segundo turno, Lula também lidera todos os cenários nos quais foi incluído.
No cenário de segundo turno que considerou Marina e Bolsonaro, Marina vence o possível adversário com 46 por cento das intenções de voto, contra 32 por cento de Bolsonaro.
A pesquisa considerou ainda, em alguns cenários, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que o apontaram com um desempenho fraco.
Na pesquisa espontânea, em que o pesquisador não apresenta ao entrevistado uma lista de candidatos, Lula lidera com 17 por cento, seguido de Bolsonaro com 11 por cento. Todos os demais nomes pontuam 1 por cento ou menos. Nesta modalidade, de acordo com o Datafolha, 19 por cento afirmaram que não votariam em ninguém e 46 por cento disseram não saber em quem votaria.
O instituto fez 2.765 entrevistas entre 29 e 30 de novembro, em 192 cidades. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

COM DISCURSO VAZIO, MARINA SE LANÇA AO PLANALTO E NÃO EMPOLGA MAIS

Wilson Dias/Agência Brasil

Com a imagem abalada por ter apoiado o golpe que derrubou uma presidente honesta e instalou uma quadrilha no poder, a ex-senadora Marina Silva se lançou candidata à presidência neste sábado pela Rede, prometendo ser o remédio para a crise moral do País.

"Agora chegou o momento em que o nosso país vive uma das piores crises que a gente pode imaginar. Uma crise política, uma crise ética, uma crise econômica", disse ela. "Toda essa situação que o Brasil está vivendo exige de nós compromisso e exige de nós senso de responsabilidade. O compromisso e o senso de responsabilidade, sem querer ser a dona da verdade, me convoca para esse momento", afirmou.

Marina até agora não se preocupou sobre temas importantes, inclusive na área ambiental, como a MP 795, que concedeu isenção fiscal à Shell e flexibilizou exigências relacionadas ao meio ambiente.(247).



Blog do BILL NOTICIAS

DCM: ROMÁRIO PROTEGEU A GLOBO E FOI PREMIADO


 Leia, abaixo, um trecho de reportagem do jornalista Joaquim de Carvalho, do DCM, em que ele acusa a Globo de comprar a proteção numa CPI por meio do senador Romário (Podemos-RJ):
O Partido de Romário, Podemos, não tem relevância nem para ser assunto de programa político. Por que estaria num programa de esportes? A resposta está ligada ao que disse um deputado que participou da CPMI sobre o futebol.
“Eu quis convocar o Marcelo Campos Pinto, mas houve uma confusão, o requerimento não foi aprovado e nem houve relatório”, disse o Major Olímpio à TV Record, numa reportagem sobre o escândalo da Fifa. A CPMI presidida por Romário inviabilizou a convocação do executivo da Globo, chave no esquema de corrupção da Fifa. Veja o requerimento do deputado ao final.
A entrevista de Romário ao programa de Galvão Bueno, para anunciar sua candidatura a governador, pode até ser considerada uma afronta à lei eleitoral e não faz sentido exceto se olhá-la como parte de um acerto para poupar o ex-diretor da Globo na CPMI.
É assim que a Globo opera.(247).

Blog do BILL NOTICIAS

GLOBO DIZ QUE JULGAMENTO DE LULA NA 2ª INSTÂNCIA SERÁ ENTRE MARÇO E ABRIL

Ricardo Stuckert

O jornal O Globo publica hoje, na coluna de Lauro Jardim, a informação de que o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no TRF-4 já teria data para acontecer: entre março e abril do ano que vem. 

O periódico da família Marinho atribui a informação a pessoas que "acompanham de perto" os processos do tribunal de segunda instância. 
Juízes vão decidir se mantêm a condenação de Lula feita pelo juiz Sérgio Moro. Embasamento da decisão do juiz contra o petista foi criticado em livro com artigos de mais de cem juristas. (247).

Blog do BILL NOTICIAS

E atenção localizaram o jovem Dormentense agora a noite na estrada de Paulistana-PI


O blog conseguiu a informação agora que há poucos minutos foi localizado Jailton,  o jovem de Dormentes que estava desaparecido.  Segundo as primeiras informações é que ele  foi encontrado na estrada de Paulistana próximo da comunidade de Jardim. Está vivo, mas muito maltratado, com muitas escoriações, cabeça raspada. Conduziram  ele agora  para o Hospital.  Familiares e amigos já se deslocaram para o local.  Ao que parece ele foi mesmo sequestrado.Aguardem novas informações.(C.Geral).



Blog do BILL NOTICIAS

Lula diz não ter medo de reação do mercado a sua candidatura

O ex-presidente disse que seu governo foi uma prova de que não há risco de instabilidade para o mercado financeiro, caso volte ao Palácio do Planalto.
Lula
LulaFoto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta sexta-feira (1º), que setores do mercado promovem terrorismo contra sua candidatura. Segundo participantes de uma reunião com dirigentes do PT de São Paulo, o petista afirmou que "estão criando uma guerra de classe" contra sua candidatura.

Embora anteveja o que chamou de radicalização na disputa presidencial de 2018, Lula minimizou o impacto sobre sua candidatura. O ex-presidente disse que seu governo foi uma prova de que não há risco de instabilidade para o mercado financeiro, caso volte ao Palácio do Planalto.

Segundo relato de petistas, o ex-presidente disse não ter medo do mercado porque "mercado não vota". "Quem vota é o povo", disse. Ainda segundo presentes, Lula se referia a seus adversários como "eles".

Leia também
PTB só vai com Lula se o PT não se aliar ao PSB 
PSDB é o 1º partido a propor um programa para o Brasil
PSDB está pacificado em torno de Alckmin, diz Doria no Maranhão
Bolsonaro votou com PT em pautas econômicas

Candidatura Haddad
Ainda segundo petistas, Lula reafirmou seu apoio à candidatura do presidente estadual do PT, o ex-prefeito Luiz Marinho, ao governo de São Paulo, afirmando que ele é quem mais unifica o partido. O ex-presidente demonstrou-se simpático à possibilidade de o ex-prefeito Fernando Haddad e vereador Eduardo Suplicy disputarem, em dobradinha, as duas cadeiras que estarão disponíveis no Senado Federal.

Na reunião, Lula admitiu que alguns duvidam da possibilidade de dois petistas ocuparem as duas vagas em disputa. E esse é o caso do próprio Haddad. O ex-presidente recorre a um exemplo tucano para derrubar essa tese. Aos petistas, Lula lembrou que Mário Covas e Fernando Henrique Cardoso se elegeram juntos em 1986.

Apesar desse discurso, Lula sondou Suplicy sobre a possibilidade de ele concorrer à Câmara dos Deputados atuando como puxador de legenda para o partido. Nessa conversa, ocorrida em um hotel de São Paulo, Suplicy ameaçou abrir uma disputa interna pelo direito de se lançar ao Senado. Do contrário, permaneceria na Câmara de Vereadores.

Apesar da declaração de apoio de Lula à Marinho, uma ala do PT insiste no nome do lançamento de Haddad ao governo de São Paulo. O secretário de Comunicação do PT, Carlos Árabe, é um dos que defendem a candidatura de Haddad. Mas argumenta que, para isso, Haddad teria que se apresentar.

Formalmente, porém, Haddad repete que cumprirá a missão definida por Lula. O ex-prefeito, que não participará do lançamento oficial do nome de Marinho, enviou um vídeo em apoio a essa candidatura. Lula, por sua vez, avisou que não interferirá na escolha do partido.(Folhape).



Blog do BILL NOTICIAS

Mãe é detida após matar filha de 2 meses em Olinda

Caso aconteceu na tarde desta sexta-feira (1º), no bairro do Passarinho, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife

Crime aconteceu no bairro do Passarinho
Crime aconteceu no bairro do PassarinhoFoto: Henrique Genecy/Folha de Pernambuco


A Central de Plantões da Capital, da Polícia Civil de Pernambuco, já deu início às investigações do assassinado de um bebê de dois meses, pela própria mãe. A dona de casa Elizabeth Cristina do Nascimento, 29, é suspeita de asfixiar a própria filha, Jamile Vitória. O crime aconteceu na manhã desta sexta (1), no Córrego do Cajá, bairro do Passarinho. Segundo informações, a mãe teria levado o corpo do bebê para a casa da uma amiga, também em Olinda. A suspeita segue detida.

O Instituto de Medicina Legal (IML) e o Instituto de Criminalística (IC) recolheram o corpo da criança e periciaram o lugar. A delegada responsável pelo caso, Cláudia Valadares, não quis dar entrevistas.

Elizabeth tem mais uma filha, de 13 anos, e é casada com Jean Mendes, 28, pai da recém-nascida. A mãe de Cristina, a dona de casa Lindinalva Nascimento, 48, estava muito abalada e falou que a filha tem depressão. “Não esperava isso, ela ontem tentou se matar”. Ainda segundo Lindinalva, a filha passará por uma audiência de custódia.
De acordo com Evani França, amiga de Elizabeth, ela chegou à residência dela, com a criança nos braços, arrumadinha e a colocou na cama como de costume. “Ela parecia normal, como se nada tivesse acontecido, depois de uma meia hora ela contou que sufocou a filha. Que primeiro tentou matar a menina com um choque elétrico. Botou a filha na banheira e ligou um equipamento chamado mergulhão. Depois, sufocou a filha. Ela disse que o 'inimigo' que estrangulou", comentou uma vizinha. 
O pai de bebê estava trabalhando no momento do crime e também foi para a delegacia. (Folhape).

Blog do BILL NOTICIAS

Caso Beatriz: MPPE reforça divulgação de imagens e volta a fazer apelo para tentar localizar suspeito do crime


Os promotores de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) que integram o grupo de trabalho responsável por auxiliar nas investigações do assassinato da menina Beatriz Angélica Mota, que completa dois anos no próximo dia 10, optaram por reforçar a divulgação das imagens de câmeras de videomonitoramento que gravaram o suspeito pelo crime, ocorrido nas dependências do colégio onde Beatriz estudava, na cidade de Petrolina.
Nas imagens, além da figura do suspeito, os membros do MPPE destacaram características físicas como formato do rosto, detalhes do cabelo e o tipo físico do indivíduo, que podem ser determinantes para a população ajudar a localizá-lo. Quem tiver informações relevantes sobre o caso pode entrar em contato com o grupo de trabalho do MPPE por do WhatsApp, pelo número (81) 98878-5733, dedicado exclusivamente a receber o contato da população. (foto/divulgação),(C.Britto).

Blog do BILL NOTICIAS

Ibope aponta que 86% acham governo do Presidente Temer corrupto



Jornal do Brasil
Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (1º) mostra que o otimismo dos brasileiros em relação ao desempenho da economia teve uma forte queda e chegou em novembro ao patamar mais baixo dos últimos oito anos. Apenas 21% preveem mais prosperidade no próximo ano – metade do porcentual obtido no levantamento anterior, feito no final de 2016. Já 48% acham que permanecerá igual e para 28% haverá maior dificuldade econômica. Além disso, 86% consideram que o governo do presidente Michel Temer é corrupto. As informações são do Estado de S. Paulo.
A pesquisa aponta ainda que apenas 12% da população está conseguindo guardar dinheiro. O instituto também fez um questionamento menos específico, sobre como será o ano que vem “de maneira geral”. Para 41%, será melhor (queda de 27 pontos porcentuais em relação à pesquisa de 2016). Para 29%, será pior (os pessimistas eram 17% há 12 meses).
O levantamento do Ibope foi realizado entre os dias 20 e 27 de novembro, com 2.002 entrevistados em 142 municípios de todas as regiões do Brasil. A margem de erro estimada é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95% – ou seja, se 100 pesquisas fossem feitas com a mesma metodologia, 95 teriam resultado dentro da margem de erro.(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Jovem Dormentense desaparecido



Desaparecido desde de ontem(01) por volta das 21 horas,  na região de Afrânio e Dormentes,  o jovem conhecido como Jailton. Ele mora em Dormentes e quando retornava da cidade de Petrolina-PE com destino  a sua terra, pode ter sido  sequestrado.
As informações ainda são confusas. Segundo testemunhas,  o carro de Jailton foi encontrado com varias marcas de tiros na estrada da Caveira interior de Afrânio.
Há relatos de que um dos celulares foi encontrado dentro veiculo, uma S10. Os outros objetos pessoais de Jailton nao foram levados. Jailton é casado com a irmã da Prefeita de Dormentes Josimara Cavalcanti.
Desde da madrugada que várias incursões para descobrir o paradeiro do jovem dormentense estão sendo realizadas, mas até o momento nada foi ainda esclarecido. Aguardem novas informações.(C.Geral).

Blog do BILL NOTICIAS

Salgueiro prepara-se para celebrar os 70 anos de vida do filho da terra Raimundo Carrero


Um dos principais nomes da literatura pernambucana, o escritor Raimundo Carrero completará, no dia 20 de dezembro, 70 anos de vida com uma história que orgulha o Estado e, principalmente, Salgueiro, no Sertão Central – onde ele nasceu. Por isso a cidade preparou uma programação especial para celebrar o filho ilustre.
A iniciativa é da deputada federal Creuza Pereira, que convidou admiradores de Carrero para criar uma comissão e realizar as comemorações, nos próximos dias 8 e 9 de dezembro, na terra do escritor. A programação irá de uma solenidade especial na Câmara de Vereadores a festivais de literatura, que será realizado por alunos de escolas de referência do Estado (EREMs), inclusive a Escola Carlos Pena Filho – onde Carrero estudou na adolescência.
Os artistas salgueirenses estarão representados através da homenagem do jovem Danilo Pernambucano e do contemporâneo Maestro Zé Paixão. “Jamais os salgueirenses poderiam deixar passar em branco o aniversário do filho querido. Celebrar os 70 anos do conterrâneo e amigo Raimundo Carrero é aplaudir uma vida dedicada à literatura e a cultura, aplaudir uma vida tão bonita quanto as suas obras”, comentou Creuza. A programação completa pode ser conferida aqui.(C.Britto).
Blog do BILL NOTICIAS

Marina encerra 'ciclo de reflexão' e se lança pré-candidata à Presidência

Ex-senadora afirmou que a crise fez com que ela se dispusesse a concorrer pela terceira vez ao Palácio do Planalto.
Marina Silva
Marina SilvaFoto: Reprodução/internet

BRASÍLIA - Após um longo período de discussões e do que costuma chamar de "ciclo de reflexão", Marina Silva decidiu se lançar pré-candidata à Presidência em 2018. A ex-senadora afirmou que a crise em que o país está mergulhado fez com que ela se dispusesse a concorrer pela terceira vez ao Palácio do Planalto.

"O compromisso e o senso de responsabilidade, sem ser a dona da verdade, me convoca para esse momento", afirmou Marina neste sábado (2), em Brasília, durante reunião do Elo Nacional da Rede, partido fundado pela ex-senadora em 2015.

Em discurso de quase uma hora, Marina disse que é preciso "dar um sabático de quatro anos para os partidos que criaram a crise no país" e que está preparada para enfrentar uma "campanha ralada".

"Não vamos nos unir para combater ninguém [...] uma campanha ralada dói bem menos que um país partido", completou em uma paródia da música da Kell Smith.
A ex-senadora repetiu o discurso que defendeu em 2010 e 2014 -quando ficou em terceiro lugar, com cerca de 20 milhões de votos nas duas ocasiões- de que vai "manter as conquistas e fazer o desenvolvimento econômico com sustentabilidade". A ideia, juntamente com a defesa do meio ambiente, deve ser mais uma vez sua bandeira de campanha.

Marina voltou a dizer que não quer "o poder pelo poder" e que é preciso unir "as pessoas competentes" de vários partidos para criar um "ecossistema", que faça da política "um serviço para ajudar a melhorar o Brasil". Em 23 convenções estaduais da Rede o nome de Marina foi aprovado por unanimidade para disputar as eleições do próximo ano -o congresso nacional do partido vai chancelar a escolha em abril.

A ex-senadora disse que ouviu amigos e familiares e, mesmo com a opinião contrária do marido, mas favorável dos quatro filhos, decidiu entrar na disputa.
A ex-senadora fez críticas ao modo como os partidos terão acesso ao fundo partidário a partir das próximas eleições. Segundo ela, a Rede contará com 0,05% do montante, enquanto "17% fica com PMDB, PSDB, PT e partidos grandes". "Eles podem até vir com o melhor alimento, com a maior gordura financeira, vamos beber água boa do compromisso da esperança e transformar nossas dificuldades em fortaleza. Aprendi com minha fé: quando sou fraco, então sou forte", afirmou.

A Rede pretende agora procurar partidos como PSB, PV e PPS para compor uma aliança para 2018. A sigla da ex-senadora tem direito apenas a 12 segundos de tempo de TV na propaganda eleitoral.

POUCO ASSERTIVA

Marina fez mistério nos últimos dias sobre a posição que iria adotar nas eleições do ano que vem. Sua postura pouco assertiva mesmo diante de temas importantes do cenário político do país, como o impeachment de Dilma Rousseff, fez com que aliados se afastassem da ex-senadora.

A aliança que Marina fez com Aécio Neves (PSDB) no segundo turno da disputa de 2014 foi o início do racha entre seus correligionários e provocou muitas críticas e dissidências em seu partido. No ano passado, por exemplo, sete integrantes da Rede divulgaram uma carta sobre o "vazio de posicionamento" da legenda e de sua porta-voz e anunciaram suas desfiliações da sigla.
Durante a reunião deste sábado, o deputado Miro Teixeira (Rede-RJ) afirmou que estava ali como um "noivo", esperando somente o "sim" de Marina. Com a concordância da ex-senadora, que assentiu e sorriu para o colega, disse que era necessário estarem preparados, porque ela iria enfrentar "o que tem de mais pornográfico na política" durante a campanha do ano que vem. (Folhape).

Blog do BILL NOTICIAS