segunda-feira, 18 de março de 2013

Turistas encontram dificuldades para obter informações em Petrolina





Iuric Pires_600x642
O turista que anda no centro ou na orla fluvial de Petrolina padece para ter informações sobre a história e lugares de visitação. A cidade carece de pontos de informações turísticas e dois deles (da Orla e do Bodódromo) estão desativados.
A exceção fica por conta da recepção da Empresa de Turismo de Pernambuco, órgão do governo do Estado, que tem uma sala no Aeroporto Internacional Senador Nilo Coelho.
O secretário municipal de Turismo, Iuric Martins (foto), reconheceu as deficiências da pasta, mas informou que medidas estão sendo tomadas como a montagem de unidade móvel para atender os turistas e a capacitação de 20 guardas municipais com aulas de inglês e outros cursos de qualificação.
Estamos com projeto de recuperação desses pontos e em abril vamos lançar um centro móvel de informações para os turistas”, informou Iuric Martins ao destacar que a Secretaria também funciona como local de apoio turístico.
Quando questionado sobre como a Prefeitura divulga turisticamente a cidade com o dinheiro enviado pelo Governo Federal (cerca de R$ 350 mil), o secretário municipal apontou a produção de um vídeo institucional (em fase de edição) e a confecção de folhetos e mapas turísticos. A peça cinematográfica será exibida em feiras e exposições.

Corrida e caminhada movimentam Petrolina no dia 07 de abril


imagem
Já estão abertas as inscrições para a Corrida e Caminhada do Sesc Petrolina, que vão movimentar as principais ruas e avenidas da cidade no próximo dia 07 de abril. A prova pedestre, que substitui a partir deste ano a Minimaratona do Sesc no município, promete reunir mais de 800 atletas nas categorias geral masculino e feminina, comerciária, portadores de necessidades especiais, militar, revezamento e caminhantes.
O evento, que já é considerado um dos mais importantes do calendário esportivo de Pernambuco, contando inclusive, em edições anteriores, com a participação de destaques na Corrida de São Silvestre, em São Paulo, a exemplo dos atletas Marili dos Santos e Edson Amaro, tem largada às 8h em frente ao ginásio do Sesc Petrolina com dois percursos diferentes. Para os corredores, de cinco e 10 quilômetros e para os caminhantes de cinco quilômetros.
Outra novidade desta edição é que as inscrições serão feitas através do site: www.sescpe.com.br até o próximo dia 22 de abril. Para a categoria revezamento, os interessados devem procurar o Sesc Petrolina. O valor da inscrição será de R$ 20,00 exceto para a categoria portadores de necessidades especiais e militares. Os inscritos com idade a partir de 60 anos pagam apenas R$ 10,00.
Segundo a coordenadora da Corrida e Caminhada do Sesc Petrolina, Elis Regina o evento promete muita diversidade e inclusão além do incentivo à prática sistemática de exercícios físicos, lazer e hábitos saudáveis. “Temos profissionais de educação física orientando corredores e caminhantes para uma boa performance. O caminhante de hoje poderá ser o corredor de amanhã. A idéia é incentivar quem corre 2 quilômetros a correr agora cinco. Vamos também contar com nutricionistas para uma atenção especial a questão da hidratação dos participantes, tendo em vista a alta temperatura no período”, adiantou a coordenadora.
Elis Regina também enfatizou o crescimento da prova nesta edição, lembrando que no início da Minimaratona, existiam apenas cinco equipes concorrendo no revezamento e hoje já são 20 equipes de praticamente todas as academias de Petrolina e Juazeiro. No percurso da prova, a coordenação vai disponibilizar cinco pontos de água, sinalização de quilometragem a cada 2 Km, carro com socorristas e, caso necessário, o atendimento médico de emergência será efetuado na rede pública e carro de apoio para acompanhamento dos retardatários, além de todo um aparato no Sesc, que inclui informações, banheiros, podium e kit energético (frutas, sucos, e barras de cereais).
Os atletas inscritos participam um dia antes (06), das 18h às 20h, de um congresso técnico para tirar as dúvidas e receber a camisa e número. No dia 07, das 6h30 às 7h50 recebem o Chip para aferir o tempo e a premiação será realizada no ginásio do Sesc, logo após a prova.
Clas Comunicação
Blog do Banana

Atletas de Petrolina conquistam resultados satisfatórios em competição no Ceará





O início da temporada de corridas de rua no Ceará trouxe bons resultados aos atletas da Associação Petrolinense de Atletismo (APA). Neste domingo (17) três atletas que participaram da XIV corrida São José em Juazeiro do Norte (CE) conquistaram pódios no geral e em varias categorias.
O primeiro deles foi o atleta, Adriano Souza, cabo do 72bimtz que venceu a prova de 5 km para atletas mais rápidos. Justino Pedro, que buscava o bi na prova, terminou com a segunda colocação nos 10 km, além destes, a atleta Simone Daiane, venceu a prova de 10 km conquistando sua melhor marca pessoal para distancia, a jovem de 20 anos percorreu os 10 km em 37min e 30 segundos.
O próximo desafio dos atletas é também na cidade de Juazeiro do norte no próximo final de semana para disputar a corrida Padre Cícero.

Prefeitura de Petrolina abre concurso com 102 vagas. Inscrições a partir de quarta-feira




concursosO Blog noticiou que a Prefeitura de Petrolina preparava concurso para as área de Saúde e Assistência Social e sem demora o edital já foi publicado.
As inscrições do processo seletivo estarão abertas a partir desta quarta-feira, 20, e vão até 18 de abril. Ao todo, serão 102 vagas temporárias para a Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (SEDEST).
Os contratados irão atuar nos Programas de Gestão do Bolsa Família, Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) e no Projovem Adolescente.
As inscrições devem ser feitas pelo site www.facape.br. A taxa de inscrição varia conforme a escolaridade: R$ 30 para nível fundamental; R$ 40, nível médio, e R$ 60 para cargos de nível superior.
Segundo o edital 3% das vagas são destinadas a pessoas com deficiência.
A remuneração das funções varia de R$ 678,00 a R$ 1.800,00.
A prova de múltipla será aplicada dia 28 de abril na FACAPE.

Jogo-teste da Arena Pernambuco será dia 22 de maio




arena_pernambuco_dia_560
O Comitê Organizador Local-COL divulgou, as datas dos jogos-testes nos estádios que vão receber partidas da Copa das Confederações, de 15 a 30 de junho. O jogo na Arena Pernambuco será realizado no dia 22 de maio, uma quarta-feira.
Único dos três times da capital a ter firmado parceria com o grupo Odebrecht, responsável pela gestão do estádio, o Náutico será um dos times a entrar em campo. O dia 22 de maio é uma das datas reservadas pela CBF para a segunda fase da Copa do Brasil. Por isso, caso elimine o Crac-GO na primeira fase, o Timbu vai jogar pela primeira vez na Arena no torneio nacional contra o vencedor de Bangu x Betim-MG.
A Arena Pernambuco atingiu 90% de execucão em janeiro e a estimativa é ter atingido os 95% em fevereiro – os dados são atualizados todo o dia 15 do mês seguinte. Na Copa das Confederações, a Arena vai receber três jogos, dentre eles, Espanha x Uruguai, dia 16 de junho. (JC Online)

Cresce o número de captação de órgãos realizadas em Petrolina




aa
A falta de conhecimento sobre a doação de órgãos ainda representa um entrave para o crescimento da captação e a realização de transplantes. No entanto, algumas iniciativas vêm conseguindo vencer esse desafio. Uma delas é o trabalho da Macrorregional Petrolina, da Central Estadual de Transplantes, que funciona no Hospital de Urgências e Traumas, desde 2009. Com a conscientização dos usuários e mais agilidade na captação, a equipe vem ampliando o número de doações de órgãos no município.
No ano passado, Petrolina teve 78 notificações de morte encefálica. Desses casos, 13 evoluíram para a retirada de múltiplos órgãos, sendo 12 no HUT e 1 no Hospital Dom Malan, contra apenas uma retirada de múltiplos órgãos realizada no ano anterior. Em 2012, foram realizadas ainda 54 doações de córneas e 129 transplantes, único tipo realizado na região. Já a fila de espera, segundo informações da Central, pode chegar a 1584 pacientes, dependendo do órgão a ser transplantado.
De acordo com a coordenadora da Central em Petrolina, Lilia Gondim, mesmo com um aumento no número de doações, a negativa das famílias ainda é muito forte. “A questão da recusa familiar ainda é grande. Culturalmente, as pessoas ainda não estão preparadas para a doação. Precisamos trabalhar para que elas fiquem cientes da importância de ser doador, pois existem muitas pessoas na lista de espera por um órgão”, conta a gestora, ressaltando a importância da parceria com a equipe do HUT, a Organização de Procura por Órgãos e Tecidos (OPO), e a Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT).
“Reconhecemos o trabalho desenvolvido pela Central de Transplantes em Petrolina e buscamos apoiar essa iniciativa, tanto na conscientização da nossa população, como na solicitação de equipamentos, junto ao Ministério da Saúde”, contou a secretária municipal de saúde, Lucia Giesta, informando que, na próxima semana, deve levar ao Ministério um projeto para aquisição de uma câmara fria para a Central de Transplantes de Petrolina. O equipamento prolonga o tempo de conservação dos tecidas que serão utilizados com a finalidade de transplante.
A doação
“O Primeiro critério para se tornar um doador é estar consciente desse ato e comunicar aos seus familiares”, orienta a coordenadora da Central. Quando constatada a morte encefálica, o paciente é mantido com todo o suporte clínico dado pela equipe do hospital, até que a logística para o transplante se concretize, da abordagem da família à captação do órgão.
Para o diagnóstico de morte encefálica, dois médicos, sendo um deles neurologista ou neurocirurgião, precisam examinar o paciente. São realizadas duas avaliações clínicas, em intervalos de tempo diferentes, de acordo com a idade do paciente, e, em seguida um exame complementar verifica a falta de atividade elétrica ou fluxo sanguíneo cerebral. Confirmado o diagnóstico, a equipe do Hospital comunica o óbito e aciona a Central de Transplantes, que entra em contato com a família do paciente para solicitar a autorização da doação.
“Junto com a OPO e a CIHDOTT entrevistamos a família para saber se ela quer fazer a doação dos órgãos. Nesse momento, explicamos o processo de captação e garantimos a integridade do corpo para que a família possa velar o seu ente querido”, esclarece a enfermeira da Central, Gerlene Grudka Lira. Após a doação, os órgãos são encaminhados para atender uma lista de espera de pessoas que aguardam por transplante em todo o estado. Atualmente, essa lista conta com 1889 pacientes à espera de um coração, fígado, rim, pâncreas, córneas, ou medula óssea.
 Doações de órgãos no Brasil
Dados do Sistema Nacional de Transplantes (SNT), do Ministério da Saúde, indicam que o Brasil realizou 23.999 transplantes em 2012, maior número da última década, quando foram registradas 12.722 cirurgias realizadas. No ano passado, o ministro Alexandre Padilha assinou portaria que institui a atividade de tutoria em doação de órgãos e transplantes no País. Essa é uma forma de o Ministério da Saúde estimular centros de excelência a capacitar serviços que queiram melhorar ou iniciar a realização desse tipo de cirurgia. O objetivo dessa ação é investir na capacitação e fortalecimento da rede brasileira de transplantes.

Caso Amanda: Advogado da professora agredida confirma que Teóclito Amorim pode ser solto a qualquer momento




amanda-violencia contra a mulher
O agressor da professora da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Amanda Figueiroa, Teóclito Amorim, pode ser solto a qualquer momento. A justiça revogou a prisão preventiva do ex-companheiro de Amanda. A notícia foi confirmada pelo advogado da vítima, Dr. Ricardo Almeida, que contou ao blog que já foi notificado judicialmente sobre a revogação da prisão.
Dr. Ricardo informou ainda que já está em vigor uma medida protetiva que visa garantir a segurança de Amanda e seus familiares. Além disso, uma audiência já está marcada para o próximo dia 02 de abril.
O caso, que ganhou grande repercussão no estado de Pernambuco, aconteceu há 45 dias em Petrolina, quando Teóclito invadiu a casa da professora da Univasf e a agrediu fisicamente. Para evitar uma violência maior ou até a morte, Amanda relatou que fingiu um desmaio e foi socorrida pelo próprio agressor, que foi preso no hospital.