segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Mais de 100 tecnologias e muito conhecimento para a convivência com a seca estarão presentes no Semiárido Show 2013


image 

O chefe regional da Embrapa Semiárido em Petrolina-PE, Natoniel Franklin de Melo, comemora a realização da quinta edição do Semiárido Show que após algumas incertezas, foi finalmente confirmada esta semana e acontecerá de 29 de outubro a 1 de novembro com a apresentação de mais de 100 tecnologias que estarão disponíveis aos agricultores de vários cantos da região semiárida nordestina.
Mais uma vez, a realização será em parceria com o Instituto da Pequena Propriedade Apropriada, – IRPPA – uma organização não governamental que tem como foco a busca de alternativas para a convivência com o semiárido.
Segundo o gestor da Embrapa, o evento se originou com o nome Agrishow, marca que era difundida pela Abimaq (Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos), mas a partir de 2008 a Abimaq deixou de realizar as feiras regionais e a Embrapa assumiu a organização junto com outros parceiros.
“O Semiárdio Show é uma oportunidade para que os agricultores conhecerem as técnicas de convivência com a seca. O tema esse ano será provavelmente a água, com a utilização de tecnologias para enfrentar a adversidade da seca. O evento foi priorizado pela Embrapa e vem sendo feito com as parcerias das organizações estaduais de pesquisa agropecuária, universidades e organizações da sociedade civil”, explicou Natoniel.
Conforme o chefe da Embrapa em Petrolina, a feira é uma oportunidade também para o reforço na capacitação rural com a realização de cursos e palestras tanto para os agricultores quanto para as agentes de extensão rural e de assistência técnica.
“É importante ainda presença dos bancos com suas linhas de financiamentos como Banco o Nordeste, Banco do Brasil e instituições financeiras privadas também, tornando a feira não só um evento de demonstração, mas para o reforço na capacitação e na geração de negócios.”, destacou Natoniel Franklin.
O chefe da Embrapa afirma que dos 45 centros de pesquisas da Embrapa no País, pelo menos 15 unidades devem participar do Semiarido Show 2013. São centros de pesquisa e de serviços com multitecnologias como as barragens subterrâneas, cisternas de produção e forrageiras perenes. Segundo Natoniel, as forrageiras perenes são de grande importância para o agricultor num momento de grande seca.
“Vamos discutir a importância dessas tecnologias. Temos materiais que resistiram ao período de estiagem e que desde 2006 queremos apresentar e retomar a discussão. É importante se investir em estrutura hídrica nas propriedades, em forrageiras perenes para garantir a alimentação do rebanho e a adequação do tamanho da propriedade mostrando que é viável se manter. São ações que precisam ser discutidas”, observou Natoniel.
O 5º Semiárido Show terá ainda um seminário com a presença de secretários de agricultura dos municípios e dos estados e representantes de secretarias nacionais vinculadas aos ministérios envolvidos também na programação como os do Desenvolvimento Agrário, Meio Ambiente, Desenvolvimento Social e Agricultura. O intuito é provocar uma discussão sobre a convivência no semiárido, as políticas feitas para isso, recursos disponíveis e melhor forma de acessá-los.
Natonel lembra que a Embrapa garante o apoio as caravanas que chegarão para aproveitar o evento. Nessa parceria, a única contrapartida das prefeituras é o envio das caravanas, garantindo o transporte dos participantes. A alimentação durante a presença no evento é tudo por conta dos organizadores.
“Será feito um cadastro para que essas caravanas de num raio de 500 Km possam se inscrever. Ainda divulgaremos como será feito esse processo. Esse cadastro garante a caravana receber todo apoio da organização com alimentação e o apoio dos organizadores enquanto os agricultores estiverem no evento”, ressaltou Franklin.
O chefe da Embrapa em Petrolina acredita que um público médio de 25 mil pessoas deve estar presente na edição deste ano da feira e pelo menos 10 mil pessoas vindas pelas caravanas. A programação acontece durante todo o dia, entre 7h30 e 17h. Toda a vitrine tecnológica apresentada para os visitantes vem sendo preparada na unidade Embrapa Tecnologia e Sementes, que está localizada assim como a Embrapa Semiárido na BR-428, que liga Petrolina a Recife. O espaço também abrigará toda a estrutura do Semiárido Show.
“É um desafio para a Embrapa manter a regularidade da feira. É um evento diferente, com caráter tecnológico, não é festivo. É para a difusão do conhecimento, informação. A gente espera ainda a participação das escolas para que a geração futura possa estar num ambiente com tantas tecnologias disponíveis”, frisou o chefe da Embrapa, acrescentando. “É um esforço grande que fazemos para dotar essas tecnologias aos pequenos agricultores do semiárido”, concluiu Natoniel Franklin.

Blog do Bill Art´s

Nenhum comentário:

Postar um comentário