terça-feira, 25 de junho de 2013

Duas mulheres morrem atropeladas em protesto próximo à Brasília



mulher atropelada
Duas mulheres ainda não identificadas morreram atropeladas na manhã de hoje (24) durante protesto na BR-251, em Cristalina (GO), no Entorno do Distrito Federal. De acordo com o inspetor da Polícia Rodoviária Federal Tércio Baggio, elas foram atingidas por um motorista na altura do bairro Marajó, enquanto começavam a montar um bloqueio na rodovia, por volta das 7h.
O motorista fugiu sem prestar socorro às vítimas, mas familiares já entraram em contato com a polícia informando que o mesmo ainda hoje irá prestar esclarecimentos. O inspetor ressaltou que ainda não é possível determinar as responsabilidades sobre o atropelamento e aguarda a chegada da Polícia Civil, que fará uma perícia no local.
“Manifestantes contaram que ele parou pouco depois do local do acidente, mas acabou indo embora. Talvez por medo de ser agredido. Ele ligou para a polícia e disse que está disposto a prestar as informações necessárias sobre o acidente. Ainda não dá para saber se o motorista avançou sobre as manifestantes ou se elas é que invadiram a pista”, disse.
O carro envolvido no acidente, modelo Uno, foi encontrado incenciado, a 14 quilômetros do local do atropelamento.
Os dois sentidos da rodovia foram bloqueados com pneus em chamas, causando um congestionamento de pelo menos 1km durante a manhã. A BR-251, que liga Brasília à cidade mineira de Unaí, foi liberada depois das 13h.
O protesto reuniu cerca de 500 pessoas, segundo a PRF. Os manifestantes reivindicam a regularização de lotes do bairro de Marajó, no município de Cristalina, além de melhorias em serviços públicos como saúde, segurança e transporte. Agencia Brasil
Blog do Bill Art´s

Nenhum comentário:

Postar um comentário